Técnico alemão comandou o time francês na campanha do vice na Liga dos Campeões. Foto: PSG/Reprodução

Técnico alemão comandou o time francês na campanha do vice na Liga dos Campeões. Foto: PSG/Reprodução

Em comunicado divulgado nesta terça-feira (29), o Paris Saint-Germain oficializou a demissão do técnico Thomas Tuchel. Especulada desde o último dia 24, quando a imprensa francesa noticiou a possível saída do alemão, a demissão se deu após início de temporada abaixo do esperado no clube de Paris.

“Após uma análise aprofundada da situação esportiva, o Paris Saint-Germain decidiu rescindir o contrato de Thomas Tuchel”, diz o comunicado do PSG.

Tuchel foi contratado pelo PSG em maio de 2018, substituindo o espanhol Unai Emery, e havia renovado seu contrato até 2021. Sob o comando do técnico alemão, o clube francês chegou até a final da Uefa Champions League na última temporada e acabou derrotado pelo Bayern de Munique na decisão.

Apesar do bom desempenho na temporada anterior, Tuchel vinha sendo questionado no cargo com a campanha irregular da equipe na atual temporada. Além de sofrer para se classificar na fase de grupos da Liga dos Campeões, o PSG ocupa atualmente apenas a terceira posição no campeonato francês.

Para o lugar de Tuchel, o argentino Mauricio Pochettino, ex-Tottenham, surge como principal nome. Além dele, o português Leonardo Jardim, ex-Monaco, e o italiano Massimiliano Allegri, ex-Juventus, também são especulados para comandar o time francês.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa