A jovem participa de seletiva em outubro no circuito francês de Paul Ricard. Foto: Divulgação / RF1

A jovem participa de seletiva em outubro no circuito francês de Paul Ricard. Foto: Divulgação / RF1

A pilota Júlia Ayoub, primeira brasileira a ter disputado o Campeonato Mundial de Kart, buscará uma vaga na Academia de Pilotos da Ferrari em uma ação conjunta entre a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e a Ferrari Driver Academy, no programa chamado "FIA Girls on Track - Rising Stars", que reunirá 20  mulheres a partir de outubro deste ano no circuito francês de Paul Ricard.

Desde 2016 competindo no kart, Júlia salientou a importância do programa para aumentar o número de participantes femininas no automobilismo.

“Estou muito feliz de poder anunciar que estou entre as escolhidas desse programa incrível que a FIA e a Ferrari Driver Academy estão organizando e sou muito grata a todos por esta oportunidade. Todos nós sabemos que isso poderá aumentar o número de participações femininas no esporte a motor e precisamos mudar essa percepção de que a mulher não tem lugar no automobilismo. Vamos em busca de educar, empoderar e inspirar muitas meninas por aí”, pondera a jovem de 14 anos que foi campeã da categoria 100% feminina no Troféu Ayrton Senna de Kart, disputado no início de 2020 em Birigui (SP).

Júlia compete no kart desde 2016 e agora terá mais um desafio em sua carreira. Foto: Divulgação / RF1

Júlia também contabiliza outo triunfo importante, na seletiva Richard Mille/Birel Art de kart em 2018, o que lhe rendeu como prêmio a vaga para disputar o Europeu e o Mundial de Kart em 2019, mais importante certame do kartismo mundial que entre seus vencedores teve o brasileiro Gastão Fráguas, responsável pela carreira de Júlia desde 2018. Fráguas foi campeão mundial de kart em 1995, superando na decisão o inglês Jenson Button, que 14 anos depois conquistou o título na Fórmula 1 pela Brawn-GP.

PREMIAÇÃO

A vencedora do programa "FIA Girls on Track - Rising Stars" será premiada com um contrato assinado com a Academia de Pilotos da Ferrari para disputar a temporada de 2021 da Fórmula 4.

“É muito legal ver que finalmente estão olhando para as mulheres no automobilismo como uma oportunidade de buscar novos talentos. Isso pode agregar muito à categoria como um todo. Acredito que esse programa tem tudo para inspirar próximas gerações de pilotos femininas e vou fazer o meu melhor para conquistar essa vaga na Academia de Pilotos da Ferrari”, avalia Júlia.



     

 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOUTUBE 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa