Lista de títulos do ex-jogador é extensa. Foto: arquivo pessoal de Tita

Lista de títulos do ex-jogador é extensa. Foto: arquivo pessoal de Tita

Tita, um dos melhores meias de sua geração, completa 64 anos nesta sexta-feira (1º de abril).

Revelado na base do Flamengo, o carioca Milton Queiroz da Paixão, o Tita, jogou pelo Rubro-Negro entre 1977 e 1985, sendo um quarto homem do meio-campo do time da Gávea mas com características mais ofensivas, envergando a camisa 7, formando uma ótima dupla ao lado de Zico.

Em 1983, entretanto, passou por um período de empréstimo no Grêmio, e fez bonito, conquistando a Libertadores da América.

No Flamengo, a lista de conquistas de Tita é extensa, com quatro cariocas, dois brasileiros, uma Libertadores e o Mundial Interclubes, entre outros.

Também defendeu o Vasco (foi campeão carioca e brasileiro) e teve passagens no futebol europeu, primeiro pelo alemão Bayern Leverkusen e depois pela equipe italiana do Pescara.

Foi um dos convocados de Sebastião Lazaroni para a Copa de 1990, disputada na Itália, mas não teve chance em nenhuma das quatro partidas que a Seleção Brasileira disputou. A equipe canarinho acabou eliminada nas oitava de final para a Argentina, 1 a 0, gol de Caniggia.

Aliás, no período em que jogou na Alemanha tornou-se um habitual jogador de golfe, modalidade que pratica com entusiasmo e qualidade, como vocês podem constatar no vídeo abaixo, produzido pela ótima equipe do "Museu da Pelada". 

Tita encerrou sua carreira no futebol da Guatemala, pelo Comunicaciones, em 1997. Engrenou a carreira de treinador de futebol em 2000, comandando diversas equipes, entre elas o América (RJ), Volta Redonda e Caxias, entre outras. Seu último trabalho foi em 2016, pelo Macaé (RJ).

ITA É APAIXONADO POR GOLFE, ESPORTE QUE COMEÇOU A PRATICAR QUANDO MORAVA NA ALEMANHA, ÉPOCA EM JOGOU NAQUELE PAÍS, PELO BAYERN LEVERKUSEN. ABAIXO, DOIS VÍDEOS PRODUZIDOS PELO MUSEU DA PELADA. TITA FAZ UMA JOGADA INCRÍVEL, O EAGLE

Jogadores do Flamengo comemoram título mundial sobre o Liverpool em 1981. Da esquerda para a direita: Zico, Raul Plasmann (encoberto), Tita, Andrade, Leandro e Júnior. Sorrindo, no fundo, o jornalista Kléber Leite. Crédito da foto: Agência O Globo, via Portal UOL.


Da esquerda para a direita, em pé: Roberto, Rondinelli, Carlos Alberto Torres, Júnior, Vanderlei Luxemburgo e Merica. Agachados: Tita, Adílio, Kalu, Dendê e Luís Paulo. Foto: Reprodução "Ag. O Globo"


A única partida do goleiro João Marcos na Seleção Brasileira foi em 21 de junho de 1984, em Curitiba-PR, no estádio Couto Pereira, sob o comando de Edu Coimbra, o time verde e amarelo venceu o Uruguai por 1 a 0, gol de Arturzinho. Em pé: Edson Abóbrão, João Marcos, Oscar, Mozer, Jandir e Wladimir. Agachados: o massagista Nocaute Jack, Tita, Delei, Reinaldo, Arturzinho e Marquinho Carioca. Foto Arquivo pessoal João Marcos.


Milton Neves, no centro da foto, é fã dos dois ex-craques a seu lado: Tita e Falcão. A imagem é de 08 de maio de 2000, na entrega do Troféu "Melhores do Esporte", no Grêmio Náutico União. Foto: Simone Machado


Na imagem, com o Pandeiro e bermuda azul, aparece o lateral Júnior, tendo Ramirez, com o violão, mas à direita. Atrás do lateral uruguaio aparecem Mozer e Tita


A comissão técnica e os jogadores acompanhando um jogo durante a preparação brasileira para a Copa da Espanha. Na primeira fileira, da esquerda para a direita: Valdir Joaquim de Moraes, Moraci Santana e Telê Santana. Atrás estão Tita, Luisinho e Edvaldo. Na terceira fileira, Getúlio, Sócrates e Zé Sérgio. Mais acima, Oscar e Batista. Foto: arquivo de Valdir Joaquim de Moraes


Em pé: Cantarelli, Rondinelli, Toninho Baiano, Andrade, Manguito e Junior. Agachados: Tita, Zico, Pelé, Júlio César Uri Geller e Paulo César Carpegiani


Parreira, gentil, recebeu Milton Neves e seu filho na concentração da Seleção da África do Sul, em maio de 2010. Tita estava do lado. Foto: Netto Neves


Em pé, da esquerda para a direita: Carlos Alberto, Raul, Rondinelli, Figueiredo, Leandro, Mozer, Marinho, Júnior e Cantarelli. Agachados: um jogador encoberto, Chiquinho, Tita, Adílio, Ronaldo Marques, Zico e Baroninho


Em pé: Cantareli, Rondinelli, Carlos Alberto, Dequinha, Júnior e Merica. Agachados: Marcinho, Carpegiani, Tita, Adílio e Luís Paulo


Edmar (segundo) e Tita (quarto) ao lado de brasileiras quando da passagem de ambos pelo futebol italiano


No comando da África do Sul, Joel precisou do auxílio da bela filha de Tita, Desiree Queiroz, para conversar com a imprensa. O Natalino não domina o inglês


O Mengão em 1978 no Maracanã. Em pé estão Cantareli, Cláudio Coutinho (técnico), Alberto Leguelé, Manguito, Toninho, Eli Carlos, Moisés, Junior e Nielsen; agachados vemos Nelson, Rondinelli, Ramirez, Marcinho, Adilio, Tita, Cleber, Zico e Paulo Cesar Carpegiani


Flamengo, 1979. Em pé: Nélson, Cantarelli, Rondinelli, Manguito, Toninho, Carpegiani, Júnior, Raul e Andrade. Agachados: um massagista, Reinaldo, Adílio, Cláudio Adão, Zico, Tita, Luisinho e Júlio César.


Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, em maio de 1974. Nesse dia, os juniores do Flamengo embarcaram para Paris. Em pé, da esquerda para a direita: Heleno, Sérgio II, Lima, Sérgio, Gideoni, Russo, Jair, Renato II, Jorge Luis, Julio César Urigheller, Aloisio Guerreiro e Washington. Agachados: Armando, Adílio, Rui, Renato, Wanderley, Tita e Serginho (massagista).


Em pé, da esquerda para a direita: Ramon, Gideoni, Cláudio Xuxu, Russo, Armando e Sérgio. Agachados: Rui, Renato, Aloisio Guerreiro, Tita e Lima.


Em pé: Tita, Washington, Renato, Sergio, Jorge Luis, Russo, Gideoni, Heleno, Wanderlei, Dr. Marcelo, Dr Giuseppe Taranto e Jaime Valente. Agachados: Jair, Lima, Ruy, Renato II, (Armando), Aloisio Guerreiro (ex-centroavante do Santos e descobridor de Robinho), Adilio, Julio Cesar Uri Geller e Renato II


Seleção Brasileira posando para foto no estádio Centenário durante o Mundialito. Em pé estão João Leite, Toninho Cerezzo, Luisinho, Oscar, Edevaldo e Júnior; agachados vemos Tita, Paulo Isidoro, Sócrates, Batista e Zé Sérgio


A massa rubro-negra sente muita saudade desse timaço campeão do mundo de 1981. Em pé estão Leandro, Raul, Andrade, Mozer, Marinho e Júnior; agachados Lico, Adílio, Nunes, Zico e Tita


Impossível esquecer esse time do Mengão que entrou em campo no estádio Centenário, em Montevidéu, para jogar a terceira partida da decisão da Libertadores de 1981 contra o Cobreloa do Chile. O encontro se deu em 23 de novembro e terminou com vitória do mais popular dos times cariocas por 2 a 0, com dois gols de Zico. Em pé vemos Mozer, Raul, Marinho, Nei Dias, Andrade e Junior; agachados estão Tita, Leandro, Nunes, Zico e Adílio


Neste timaço do Mengão de 1978, estão em pé: Rondinelli, Cantareli, Dequinha, Ramirez, Júnior e Merica. Agachados: Júnior Brasília, Adílio, Radar, Paulo César Carpegiani e Tita.


Tita com a camisa amarelinha do Brasil em 1981


Tita no programa SuperTécnico da Rede Bandeirantes de Televisão.


Tita na entrega do Troféu Melhores do Ano de 2000, no Grêmio Náutico União, em Porto Alegre, no dia 8 de maio.


No dia 06 de abril de 1979, Pelé vestiu a camisa do Flamengo em uma partida beneficente contra o Atlético Mineiro, cuja renda foi revertida para vítimas de enchente que havia castigado Minas Gerais dias antes. Momento de tietagem para o zagueiro Nelson, à direita, e para Tita, à esquerda


Treino do Flamengo, em 1981: Baroninho, Júnior, Tita e Leandro


EM PÉ: Leandro, Mozer, Jorginho, Andrade, Adalberto e Fillol. AGACHADOS: Bebeto, Elder, Nunes, Tita e Adílio


Da esquerda para a direita, no programa Super Técnico, da Rede Bandeirantes: Émerson Leão, Zagallo, Milton Neves, Luize Altenhofen, Abel Braga e Tita


No fim de agosto, Tita encontrou o antecessor dele, Antônio Lopes, em evento comemorativo aos 10 anos da conquista da Libertadores. O Delegado foi o técnico cruzmalino na conquista histórica. Foto: VIPCOMM


Tita comandou como técnico cruzmaltino as estrelas Leandro Amaral e Edmundo. Apesar da dupla de ataque de peso, o Vasco fez uma campanha abaixo das tradições do clube no Brasileirão 2008


Na foto acima, divulgadas pela agência Vipcomm, você vê Tita no comando do primeiro treino desde o retorno ao Vasco, em 2008.


Na foto acima, divulgadas pela agência Vipcomm, você vê Tita no comando do primeiro treino desde o retorno ao Vasco, em 2008.


Confira Tita no Bayer


Em pé: Paulo Roberto, o goleiro Acácio, Fernando, Henrique, Mazinho, Donato e o técnico Sebastião Lazaroni. Agachados: Tita, Geovani, Roberto Dinamite, Luís Carlos e Romário


Elenco do Vasco da Gama reunido em São Januário com a faixa no peito referente à conquista do título brasileiro de 1989. Em pé estão membro da comissão técnica, Ademar Braga, o técnico Nelsinho Rosa, Acácio, Márcio, Marco Aurélio, Quiñonez, Régis, dois jogadores não identificados, Oliveira, Ayupe, Andrade, Célio Silva, Luiz Carlos Winck, dois dirigentes e Eurico Miranda. Agachados estão outro membro da comissão técnica não identificado, Alcir Portela, Zé do Carmo, Tita, Vivinho, jogador não identificado, Sorato, outro jogador não identificado, Boiadeiro, Mazinho, Sony Anderson, Tato, Bismarck, William e Cássio


Dois momentos de Tita


Em novembro de 2020, Cláudio Adão, Donizete e Tita. Foto: arquivo pessoal de Donizete


Reportagem no final dos anos 90 com grandes jogadores do Vasco que esperavam uma oportunidade no time titular. Da esquerda para a direita, veja Roberto Dinamite, o zagueiro Leonardo, Andrade, Tita e Régis


Tita e Fumanchu em 1981, dois pontas do Flamengo. Foto: Revista Placar


Jogadores do Flamengo passeando pelas ruas do Rio de Janeiro no final dos anos 70. Na parte de trás do carro, da esquerda para a direita, estão Zico e Tita. Na parte da frente, também da esquerda para a direita, aparecem Luxemburgo, Nielsen e Paulo Cesar Carpegiani. Foto: Revista Placar


Tita e Rogério Micheletti, no Fox Sports. Foto: arquivo pessoal de Rogério Micheletti


Hugo De Léon e Tita, ambos sangrando, com a taça da Copa Libertadores da América de 1983, no dia 28 de julho daquele ano, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre. Foto: Divulgação


Sergio Ramírez ao lado do ex-meia Tita


Brasileiros do Pescara e do Napoli, em 1989. Da esquerda para a direita: Júnior, Alemão, Edmar, Careca e Tita


Homenagem aos campeões do mundo de 1981, no jogo das estrelas 2016. Em pé: Leandro, Rondinelli, Nei Dias, Júnior, Carlos Alberto, Mozer, Marinho e Vitor. Agachados: Nunes, D. Suzana(Mãe do zagueiro Figueiredo), Adílio, Chiquinho, Tita, Zico , Lico e Peu. Foto: divulgação


Em 2016, quando assumiu o comando técnico do Macaé-RJ


Final do Campeonato Brasileiro, no Maracanã. Flamengo 3 x 2 Atlético-MG, no dia 1 de junho de 1980. Da esquerda para a direita, em pé: Andrade, Marinho, Raul, Rondinelli, Carlos Alberto e Júnior. Agachados: Tita, Adílio, Nunes, Zico, Júlio César Urigeller


Com o belo segundo uniforme do Flamengo nos anos 80. Foto: Divulgação


Ídolo do Flamengo nos anos 80. Foto: Divulgação


O casal Sandra e Tita, em 2012. Foto: Mitt Romney - Mórmons Famosos


Em 2010, no León Guanajuato, do México. Foto: site oficial do León Guanajuato


Seleção Brasileira, no Mundialito de 1981. Da esquerda para a direita, em pé: João Leite, Edevaldo, Toninho Cerezo, Oscar, Luizinho e Junior. Agachados: Nocaute Jack, Tita, Paulo Isidoro, Sócrates, Batista e Zé Sérgio

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa