Vencedor das 500 Milhas de Indianápolis por duas vezes, inglês participava da prova como convidado. Foto: Reprodução

Vencedor das 500 Milhas de Indianápolis por duas vezes, inglês participava da prova como convidado. Foto: Reprodução

O britânico Dan Wheldon completaria 44 anos nesta quarta-feira, 21 de junho de 2022. Infelizmente ele foi vítima de um trágico acidente em 16 de outubro de 2011, aos 33 anos, na etapa derradeira da Indy Car, disputada no oval de Las Vegas.

Wheldon foi um dos quinze pilotos envolvidos no acidente que o vitimou, na 12ª volta da prova.

Campeão da Indy em 2005, venceu as 500 Milhas de Indianápolis em duas ocasiões (2005 e 2011, ano de sua morte). No total, em 128 GPs, ganhou 16 provas e largou na pole em cinco ocasiões.

A prova foi cancelada logo após o acidente. Wheldon foi encaminhado de helicóptero ao Centro Médico Universitário de Las Vegas, onde faleceu.

Pilotando como convidado, Wheldon havia largado na última posição, com um dos carros da Sam Schmidt Motorsports.

O carro de Wheldon decolou após tocar em Paul Tracy (Dragon Racing). O impacto contra a muro foi violento (até o santantonio foi destruído).

O acidente teve consequências dramáticas por conta de um aspecto bastante criticado na ocasião: mais de trinta carros disputando uma corrida em um oval curto, apenas 1,5 milhas (2,4 quilômetros).

Quatro pilotos brasileiros participaram da prova: Tony Kanaan, Helio Castroneves, Vitor Meira e Bia Figueiredo.

Em 2011 a Indy preparava-se para uma transição, para adotar um novo chassi no ano seguinte. Ironicamente, foi Dan Wheldon o piloto que mais testou o modelo da fabricante italiana Dallara, dotado de uma carenagem nas rodas traseiras para evitar justamente o tipo de acidente que o vitimou. A Dallara, em homenagem ao piloto, batizou o chassi com suas iniciais, DW12.

O calendário da Indy também sofreu mudanças, com uma grande redução de provas em circuitos ovais e, nestes, com menos pilotos no grid.

Ele deixou esposa (Susie) e dois filhos: Sebastian de dois anos e Oliver, com sete meses no dia de sua morte.
 
ABAIXO, IMAGENS DO ACIDENTE FATAL DE DAN WHELDON:

Dan Wheldon foi um dos pilotos responsáveis pelo desenvolvimento do chassi adotado pela Indy em 2012. Em sua homenagem, a fabricante italiana Dallara o batizou de DW12. Foto: Divulgação/IndyCar

CLIQUE AQUI E VEJA A PÁGINA DE DAN WHELDON NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?"


 

  

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa