Os quatro grandes paulistas estarão juntos na Libertadores pela primeira vez. Imagem: Reprodução

Os quatro grandes paulistas estarão juntos na Libertadores pela primeira vez. Imagem: Reprodução

Disputada desde o ano de 1960, a Copa Libertadores da América contará com a presença dos quatro grandes clubes do estado de São Paulo pela primeira vez na História. Ao vencer o Ceará na noite de ontem (04/12) pelo placar mínimo, o Corinthians se juntou a Santos, Palmeiras e São Paulo – previamente classificados – e garantiu vaga na edição de 2020 do torneio continental.

O Peixe, atual segundo colocado, garantiu sua vaga na 34ª rodada do Brasileirão. O Verdão, que ocupa a terceira colocação, também conquistou sua vaga na 34ª rodada. O Tricolor, sexto na tabela, assegurou vaga na Liberta após vencer o Inter por 2 a 1 na noite de ontem (04/12), tal qual fez o Corinthians, 7º colocado, ao bater o Ceará.

Dos quatro clubes, Santos, Palmeiras e São Paulo classificaram-se diretamente à fase de grupos da maior competição do continente, enquanto o Corinthians terá que atravessar uma etapa preliminar, ou seja, a famosa pré-Libertadores. Além dos grandes paulistas, o Brasil também será representado por Flamengo (atual campeão da Liberta e do Brasileirão), Athletico (4º colocado no Brasileirão e campeão da Copa do Brasil) e Grêmio (5º colocado no Brasileirão), já garantidos. Inter e Goiás brigam pela última vaga.

Em tempos passados, a Libertadores concedia apenas duas vagas para clubes brasileiros. No ano de 2000, este número aumentou para quatro e desde então as possibilidades de classificação ao certame só têm crescido. Anteriormente, o futebol paulista já havia conseguido classificar quatro clubes, mas nunca todos os grandes juntos.

Em 2005, Palmeiras, Santo André, Santos e São Paulo participaram da Liberta. Em 2006, Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Paulista estiveram presentes. Três grandes participaram da mesma edição da competição em três ocasiões: em 2013, Corinthians, Palmeiras e São Paulo; em 2016, novamente o Trio de Ferro da capital e em 2018, Corinthians, Palmeiras e Santos.

Palmeiras e São Paulo, juntamente ao Grêmio, são os brasileiros que mais disputaram a Libertadores, somando 20 participações cada. Corinthians e Santos estiveram presentes na copa continental 14 vezes. Como sabe-se, São Paulo e Santos são os paulistas que mais venceram a Liberta, com 3 títulos cada.

O Tricolor Paulista, além das três conquistas (1992, 1993 e 2005), foi vice-campeão em outras três ocasiões (1974, 1994 e 2006), somando, portanto, seis finais disputadas. Em todas as temporadas nas quais sagrou-se campeão continental, o São Paulo também conquistou o Mundial.  

O Peixe foi campeão da Libertadores nos anos de 1962, 1963 e 2011. Além das três conquistas, o Santos também ficou com o vice-campeonato em 2003. Em duas ocasiões das três nas quais o Alvinegro Praiano foi campeão continental, e equipe também conquistou o mundo: 1962 e 1963, com o esquadrão liderado por Pelé.

O Verdão sagrou-se campeão da América em 1999. Além deste título, o Alviverde também soma quatro vice-campeonatos, nos anos de 1961, 1968 e 2000. No ano em que foi campeão da Liberta, o Palmeiras acabou sendo vice-campeão do mundo, perdendo a final por 1 a 0 para o Manchester United, da Inglaterra.

O Timão tem o título mais recente da Libertadores entre os quatro grandes paulistas, sagrando-se campeão em 2012. Esta foi a primeira e única final disputada pelo Alvinegro. Na temporada do título continental, o Corinthians também conquistou o Mundial, batendo na final por 1 a 0 o Chelsea, também da Inglaterra.

E aí, torcedor, qual dos grandes paulistas tem maiores chances de sucesso na Liberta do ano que vem? 

* Renan Riggo é jornalista esportivo (A Folha Esportiva) e assessor de imprensa da PPress Marketing e Comunicação

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa