Rincón estava internado desde a madrugada de segunda-feira

Rincón estava internado desde a madrugada de segunda-feira

Freddy Rincón, um dos melhores jogadores da história do futebol colombiano, morreu na madrugada desta quinta-feira (14), na cidade de Cali, aos 55 anos. Rincón estava internado desde a madrugada de segunda-feira, quando sofreu um acidente automobilístico. Ele chegou a ser operado, mas não resistiu aos ferimentos. 

A morte do ex-meia foi confirmada pela equipe médica da Clínica Imbanaco. "Apesar de todos os esforços de nossa equipe de trabalho, Freddy Rincón Valencia morreu. Queremos expressar nossos sinceros sentimentos de condolências a seus familiares, amigos e seguidores”, informou Laureano Quintero, chefe da equipe médica do hospital. 

Nascido em Buenaventura, Colômbia, em 14 de agosto de 1966, Freddy Eusébio Gustavo Rincón Valencia, conhecido como Rincón, foi um grande jogador de futebol. Volante e meia, começou a carreira no Atlético Buenaventura, passando depois por Independiente de Santa Fé, América de Cali, Palmeiras, Napoli, Real Madrid, Santos e Corinthians.

Defendeu também a seleção colombiana em 84 jogos, marcando 17 gols. Jogou as Copas do Mundo de 1990, 94 e 98. Ao parar com a bola tornou-se treinador.

 

Em foto de 26 de agosto de 2013, o amigo Asprilla visita o meia Rincón, após acidente automobilístico na Colômbia. Foto twitter

 

Da esquerda para a direita e de cima para baixo, Túlio Maravilha, Kléber Pereira, Rogério Ceni, Ivan Zamorano, Freddy Rincón, Luizão, Robinho, Bixente Lizarazu, Zeroali, William Gallas, Gylmar dos Santos Neves e em destaque maior, Neymar. Imagem: Placar

 

Valdir Bigode foi uma das principais contratações do Santos em 99. Na foto, em 2000, atrás, à esquerda, o ex-presidente Milton Teixeira e Rincón. Foto: UOL

 

Rincón concece entrevista coletiva no Atlético-MG, auxiliar de Luxemburgo, em 2010.

 

Rincón beija a taça do Mundial de Clubes de 2000 . Veja atrás, o segurança "Tim Maia".

 

Rincón, capitão do Corinthians, ergue a taça de campeão Mundial de Clubes da Fifa no Maracanã em 2000

 

Rincón, comandava o Flamengo de Guarulhos, e Vampeta, o Grêmio Osasco, se enfrentaram como técnicos na Série A-3 do Paulista em fevereiro de 2011

 

Rincón e Vampeta se enfrentaram como técnicos na Série A-3 do Paulista em fevereiro de 2011

 

Leandro Castan, Fred Rincon e os repórteres do "Esporte Fantástico", Jean Brandão e Rafael Ribeiro em 04 de novembro de 2011. Divulgação/Record

 

Rincon participou de um jogo beneficente do GRAAC no Pacaembu em 09 de novembro de 2011

 

Rincón e Edmundo disputam bola durante a final do Mundial em 2000 no estádio do Maracanã.

 

Rincón e Vampeta participam do Papo Reto, programa de Neto, no Portal UOL em 2012

 

Entre Vampeta, Rincón e Neto, o assunto só podia ser o Corinthians em 2012

 

Rincón e Vampeta são entrevistados por Neto no "Papo Reto". Crédito da foto: Flávio Florido/UOL

 

Rincon foi destaque da Revista Placar, na edição 1267, em fevereiro de 2004. Imagem: Revista Placar

 

Rincón ao lado de Milton Teixeira quando foi apresentado no Santos. Em sua passagem pelo alvinegro praiano, foi vice-campeão paulista em 2000

 

Em pé, da esquerda para a direita: o segundo é Antônio Melo é o segundo, seguido por Maurício, Márcio Costa, PC Gusmão, Nei, Gamarra, Batata, Silvinho, Rincón e Cris. Agachados: Dinei, Amaral, Mirandinha, Didi, Rodrigo, Vampeta, Índio, Ricardinho, Marcelinho e Edílson. Foto: Reprodução

 

No Parque São Jorge, em 19 de novembro de 2011. Carlos Alberto Spina e Rincón

 

Da esquerda para a direita: Dr. Osmar, Fernando Fernandes, Rincon, Rafael Aguiar e Mauro Beting. Foto: Rede Social

 

Rincón, como auxiliar técnico do Atlético-MG, que aprendeu muito com Vanderlei Luxemburgo no Galo

 

Da esquerda para a direita: Marcos (com cabelo!), Sandro, Rincon, Júnior, Cléber e Cafu. Agachados: Djalminha, Luizão, Galeano, Elivélton e Leandro. Foto: Paulo Pinto/Agência Estado

 

O programa Terceiro Tempo, na Rede Record de Televisão, e a Bic Comfort fizeram uma excelente parceria entre os anos de 2002 e 2004. Os convidados recebiam cachê e "faziam a barba" antes do programa. Rincón foi um deles

 

Muita gente contesta, muitos desprezam e outros tantos não valorizam. Mas o certo é que para a Fifa o Corinthians foi campeão do mundo do ano 2000. Nesta foto, o time posa antes da decisão da competição contra o Vasco em um Maracanã tomado por 70 mil pessoas e quase dividido. Em pé estão Dida, Kléber, Fábio Luciano, Vampeta, Rincón e Adílson; agachados vemos Luizão, Índio, Ricardinho, Marcelinho Carioca e Edílson

 

Sempre fluente, Rincon consegue expor muito bem suas idéias

 

No Terceiro Tempo, da Record, Rincon revê mais lances de sua vitoriosa carreira

 

Rincon marcou 10 gols com a camisa alvinegra, em 137 jogos disputados (fonte: Almanaque do Timão, de Celso Unzelte)

 

Quando esteve no Verdão, Luxemburgo descobriu a melhor função para o colombiano (volante), que antes jogava mais avançado

 

O craque teve alguns "entreveros". Marcelinho Carioca foi um dos desafetos do jogador. Mas no final das contas ficaram as histórias para contar...

 

Nesta foto, Rincon revê a decisão por pênaltis do Mundial Interclubes da Fifa, no Maracanã.

 

O craque sempre foi um líder, em todas as equipes pelas quais passou

 

O Palmeiras em 1994, quando sobrou no Paulista e levantou a taça após partida contra o Santo André, vencida por 1 a 0. Vemos nesta foto, em partida disputada no Morumbi, Mazinho, Cláudio, Cléber, Gato Fernandez, César Sampaio e Antônio Carlos em pé; agachados estão Evair, Rincón, Edílson, Roberto Carlos, Zinho e o grande preparador físico e ótimo caráter Walmir Cruz

 

Momento inesquecível para Rincón e a Fiel Torcida: a conquista do Mundial Interclubes no ano 2000 no Maracanã, após emocionante decisão contra o Vasco

 

 

 

Freddy Rincón e o jornalista Nivaldo de Cillo. Foto: arquivo pessoal de Nivaldo de Cillo

 

Dois momentos de Freddy Rincón

 

Helô Campanholo e Rincón em 2016. Foto: reprodução

 

Buião, de camisa amarela; o técnico Levir Culpi ao centro, Milton Neves e Rincón. Foto: reprodução

 

Oscar Roberto Godoi, Rincon, Serginho, Ricardo Rocha e Careca no stand da Zeene durante a Automec/2015 no Anhembi, em 7 de abril de 2015

 

Rincón defendeu Palmeiras e Corinthians, mas o se consagrou mesmo foi no Timão, ao conquistar o Mundial de 2000 em cima do Vasco da Gama

 

Herói posou ao lado de Rincón e Neto, dois ídolos de diferentes gerações do Corinthians. Foto: Reprodução/Facebook

 

Reunidos no Anhembi, em São Paulo, Edu, Serginho, Leo Maia, Wladimir e Rincon. Foto enviada por Moises Generoso Bueno

 

Rincon (ex-Corinthians e Seleção Colômbiana) e Carlos Alberto Spina, em maio de 2014. Foto enviada por Vinicius Spina

 

O ex-volante Rincon em dois momentos

 

Você também vai gostar

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa