Ele está sendo tratado de problemas renais

Ele está sendo tratado de problemas renais

Antonio Bianchi, o ex-zagueiro Mixirica, notável valor do futebol de Muzmabinho (MG), está internado em um hospital do município mineiro de Alfenas, segundo informou Nicolau Anechine, de Muzambinho.

Ele está sedado, com problemas renais, mas está reagindo bem à medicação, porém foi necessária ventilação mecânica, uma vez que ele também sofre de comprometimento cardíaco.

A boa notícia é que os rins, que tiveram alguns problemas, voltaram a funcionar normalmente e não foi necessária hemodiálise. 

Agropecuarista no Sul de Minas, Mixirica, atualmente com 79 anos, fundou a Ponte Preta do bairro Brejo Alegre (Muzambinho) e o Clube da Quarta Idade do Futebol.

É casado com Tida, com quem tem três filhos.

Com familiares, em maio de 2018

Na década de 70 e em 2013

 

Em pé, da esquerda para a direita, Mixirica, Fominha, Dalton, Cid, Lezinho e Luiz. Agachados, da esquerda para a direita, Corvino, Bortola, Kalabar, Cesar e Lado. Foto enviada por Bortola

 

Timaço dos anos 60. Em pé, da esquerda para a direita: João Ruela, Maé Abreu, Carlos Coimbra, Bianchi, Dauser, Caco e Lua. Agachados: Waldemar Anderson, Marco Régis, Ivan Surdão, Camila, Toninho Falcucci e Alicate. Foto enviada por Celio Sales

 

O time do Muzambinho Futebol Clube foi até Guaxupé para disputar uma partida. E estavam com frio, pois usavam as lindas camisas brancas de mangas compridas. Em pé, da esquerda para a direita: Paulo Pingaiada, Fominha, Pininho, Jairo, Carlinho Boca de Véia, Lezinho, Maé Faria, Alúcio, Camila, Mixirica e Amir. Agachados. Edson Dino, Cavadeira, Cesare, Roberto do Juca, Tente, Lado e Benedito Dino, munido de sua maleta de primeiros socorros. Foto enviada por Celio Sales

 

O time do Muzambinho Futebol Clube na década de 60. Em pé, da esquerda para a direita: Camila, Mixirica, Lezinho, Alucio, Bragão e Zé Sprita. Agachados: Cavadeira, Ditinho, Jairo, Cesar Bianchi e Pininho. Foto enviada por Celio Sales

 

Édson Dino e César Bianchi. Notem as touceiras do gramado. Estão altas a ponto de encobrir as chuteiras dos craques muzambinhenses...

 

Pose dos craques no Estádio Professor Antonio Milhão, em Muzambinho-MG. Em pé, da esquerda para a direita: Lua, Nilo Bortolotti, Ronaldo Ésper, Amintas, Toninho Falcucci, Camila, Mixirica, Bodinho e José Octaviano Sales. Agachados: Dito Dino, Orlando, Tininho, Chila, Gilson e Zé Pequeno

 

Pose dos craques no Estádio Professor Antonio Milhão, em Muzambinho-MG. Em pé, da esquerda para a direita: Lua, Nilo Bortolotti, Ronaldo Ésper, Amintas, Toninho Falcucci, Camila, Mixirica, Bodinho e José Octaviano Sales. Agachados: Dito Dino, Orlando, Tininho, Chila, Gilson e Zé Pequeno

 

O time do Bandeirantes, de Muzambinho. Em pé, da esquerda para a direita: Bento, Camila, Toninho Falcucci, Tininho, Darlan, Amintas, Mixirica e José Octaviano Sales. Agachados: Dito Dino, Fominha, Chila, Gilson, Glênio e Zé Pequeno

 

Em pé: Lezinho, Alúcio, Fominha, Carlinho, Mixirica e Amir. Agachados: Edson Dino, Tente, Cesar Bianchi, Roberto do Juca e Tôti. Foto arquivo pessoal

 

O futebol amador, amplamente difundido em Muzambinho e em todo o sul de Minas Gerais. Em pé, da esquerda para a direita: Nadinho, Amir, Carlinho Boca de Véia, Mixirica, Pininho, Lezinho, Camila e Grisiel. Agachados: Édson Dino, Tôti, Tente, Cesare Bianchi e Braguinha

 

Em pé, da esquerda para a direita: Antonio João, Paulo Pingaiada, Camila, Toninho Falcucci, Nicolau, Mixirica, Heitor, Fominha, o goleiro Delfo, Nadinho e Renê. Agachados: Edson Dino, Lucílio, Ivan Surdão, Tente, Cavadeira e Corote

 

O time dos Bancários de Muzambinho, no dia em que recebeu as faixas de campeão. Em pé, da esquerda para a direita: Ronaldo Anechinni, Valdemar Anderson, Paulinho Bianchi, Fernando Antonio Montanari (o Fominha), Willian Lemos, Nicolau, Mixirica, Heitor, Nadinho e o árbitro Lua. Agachados: Pitiquela, Jorge, Cavadeira, Ivan Surdão, o mascote Edson, o saudoso Fernando Montanari e Élcio Zoinho. Foto enviada por Carlos José de Pádua

 

Time dos Amigos de Muzambinho. Em pé, da esquerda para a direita, o segundo é Gleninho, seguido por Paulo Guaraná (reserva de Paulo Pingaiada), Mixirica, o saudoso Biga e Carlinho Boca de Véia. Agachados. Jairo Paçoca, Pininho, jogador não identificado, o carequinha Édson Dino e Zé Sprita

 

Foto do Cruzeiro de Muzambinho-MG, campeão sul-mineiro de 1971. Em pé: Walter Cipriani Filho (preparador físico), Michel Salomão( cozinheiro do time), goleiro reserva Mané Peixe, Luiz Montanari, Fernando Montanari (o Fominha), Camila, Bortola, Ique, Mixirica, Candoca e Paulo Pingaiada. Agachados: massagista Tatu, Luiz Ricardo Bonelli, saudoso Zulu, o inesquecível Laudimiro, Vanderlei do Racine (esse era um craquaço de bola), Niquinho e Jorge do Zé Ernesto. O técnico era Willian Peres Lemos. Deles, já faleceram Candoca, Paulo Pingaiada, Zulu e Laudimiro.

 

Em pé: Carlos Miguel Araújo (o Carlinho Boca de Véia), William Peres Lemos, Alúcio Augusto de Melo, Laércio Salomão (o Lézinho), Fernando Eduardo Montanari (o Fominha), Antonio Bianchi (o Mixirica), Câmpoli, Delfo Antonio Campedelli e Antônio Januário (o Camila). Agachados: Jairo Rondinelli, Ismael Faria de Abreu, Edson Dino, Cesare Bianchi, Américo Sérgio Montanari (o Cavadeira), Antônio Carlos Violi (o Tôti) e Agripino Pereira Filho (o Pininho).

 

Em pé: Dalton Agostinho Gaspar, Clóvis Silva, Fernando Eduardo Montanari (o Fominha), Antonio Bianchi (o Mixirica), Laércio Salomão (o Lézinho), Luiz Montanari, Edvar Dias e Vitor Avelino. Agachados: Edson Dino, Nilton Carlos Bortolotti (o Bortola), Antonio Mário Avelino (o Kalabar), Cesare Bianchi e Geraldo Montanari (o Lado). Esse time era dirigido por Willian Peres Lemos.

 

Abaixo, na fileira de adultos, da esquerda para a direita: Luiz Montanari, Tubé, Zé Maria, César Bianchi, Luiz Antonio de Carvalho (Bigude), Mixiriga e Paulo Pingaiada. À frente, o primeiro garoto à esquerda (de camisa branca e jaqueta escura é Pedro Aurélio Carvalho

 

Time de futsal na quadra do CEPSAM, em Muzambinho. Em pé, da esquerda para a direita: Antonio Bianchi (Mixirica), Édson Dino, Tubé, Paulo Pingaiada, Dito Dino e pessoa não identificada. Agachados: Luiz Montanari, Zé Maria, Cesar Bianchi e Luis Antonio de Carvalho (Bigude)

 

Amisotoso em Muzmabinho com a presença de César Maluco. Em pé, da esquerda para a direita, o terceiro é Nicolau, seguido por Fernando Amore, Camila e Mixirica. Agachados, o primeiro (de camisa branca) é Maé, o terceiro é Tente, depois estão Ratinho, Silas (irmão de Esquilo) e César Maluco. O gandula da esquerda, de camisa amarela, é Mauro Beting, que foi levado a Muzambinho por César Maluco. Jogo no Estádio Professor Antônio Milhão

 

Equipe do Bandeirantes Futebol Clube, em 12 de setembro de 1960, ocasião em que venceu o Comercial de Ribeirão Preto por 3 a 1. Em pé, da esquerda para a direita: Luiz Anechinni, Nilo Bortoloti, Ronaldo Esper, Amintas, Toninho Flacucci, Camila, Antonio Bianchi (Mixirica), Bodinho e José Octaviano Sales. Agachados: Benedito Dino, Ivan Surdão, Tininho Fazzi, Chila, Gilson e Zé Pequeno. Foto enviada por Célio Sales Sobrinho

 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa