Lucas Lima vem fazendo um 2019 apagado no Palmeiras. Foto: Ale Cabral/AGIF

Lucas Lima vem fazendo um 2019 apagado no Palmeiras. Foto: Ale Cabral/AGIF

Contratado como grande reforço no final de 2017, Lucas Lima tem vivido um constante sobe-e-desce no Palmeiras. Atualmente, o meia passa por mais um momento de baixa: contestado pela maior parte da torcida, tem tido suas atuações bastante criticadas na temporada. A esperança, agora, é repetir o que aconteceu no ano passado para ter uma subida de desempenho após um período sem jogos.

Em 2018, Lucas Lima também fez um primeiro semestre bastante irregular. Começou como titular absoluto do time de Roger Machado e jogou bem no Campeonato Paulista, mas logo perdeu a posição para Moisés. A situação só mudou depois da parada para a Copa do Mundo: Lucas voltou renovado e, atendendo a pedidos do treinador, passou a entrar mais na área para fazer gols e ser mais decisivo.

Com a troca de Roger por Felipão, o estilo mudou, mas o bom momento se manteve. Apesar de não ter sido um dos protagonistas do título brasileiro do Palmeiras, Lucas Lima fez um ótimo segundo turno, recebendo liberdade de Scolari para flutuar pelo campo e armar o jogo de frente, como gosta. À época, o meia atribuiu a melhora à parte física, dizendo que o período sem jogos no meio do ano havia sido importante para que ele melhorasse seu condicionamento.

A situação agora tem algumas diferenças. A principal dela é que a concorrência é maior: além do titular Ricardo Goulart, há outras opções para o setor, como Zé Rafael e Hyoran, que jogaram bem nas poucas oportunidades que tiveram. Já Gustavo Scarpa tem atuado mais aberto pela direita, mas também pode jogar centralizado caso Felipão prefira um atleta de mais velocidade pelo lado do campo.

Pesa para Lucas Lima o fato de ser um dos atletas mais caros do elenco, com vencimentos equiparáveis às estrelas do time. O Palmeiras avalia que o atleta pode render mais, como já mostrou em alguns momentos da temporada passada. O contrato do jogador vai até dezembro de 2022, e ele terá uma diminuição no valor da multa rescisória de mais de R$ 75 milhões para cerca de R$ 30 milhões no meio do ano.

Com o retorno da Libertadores após 15 dias sem entrar em campo e o início do Campeonato Brasileiro, Felipão vai intensificar o rodízio de titulares, em estratégia que deu certo no ano passado. Será a oportunidade ideal para Lucas Lima mostrar que tem condições de reverter a maré no alviverde e voltar a ter um papel importante no Palmeiras. O time enfrenta o Melgar, do Peru, fora de casa, na próxima quinta-feira.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    13
  • 2 Atl
    12
  • 3 São
    11
  • 4 San
    10
  • 5 Int
    9
  • Veja tabela completa