Sim, Mano está muito ligado ao maior rival palmeirense. Foto: Divulgação/Cruzeiro

Sim, Mano está muito ligado ao maior rival palmeirense. Foto: Divulgação/Cruzeiro

Sai Felipão, entra Mano Menezes. Ficam os jogadores e o diretor remunerado de futebol Alexandre Mattos. Este, aliás, apesar das críticas internas de conselheiros e, externas, de torcedores “organizados”, tem cadeira cativa no clube.

Pois que é amparado pela patrocinadora, que é quem mais ganha com a exposição de sua marca sempre que Mattos vai ao mercado e contrata jogadores.

E contratar jogadores é com Alexandre Mattos. Contratar jogadores está no DNA de Mattos. Foram R$ 398 milhões investidos no atual elenco alviverde. É muito dinheiro, você, cara leitora, caro leitor, certamente vai dizer.

E razão.

E diante de tanta fúria na hora de comprar, cabe a pergunta: Qual é o grande craque do atual elenco palmeirense? Dudu? Bruno Henrique? Lucas Lima, eternamente na reserva? O goleiro Weverton, convocado por Tite na última lista da Seleção Brasileira?

Nenhum deles, na avaliação deste rodado, para não dizer velho, jornalista esportivo, pode ser carimbado como craque.

Alexandre Mattos optou pela quantidade, não pela qualidade. Opção por qualidade quem fez foi o Flamengo. Gabigol, Bruno Henrique, Arrascaeta, Diego Alves e, por fim, o técnico lusitano Jorge Jesus, estes, sim, vieram para colocar o Flamengo em outro patamar.

O resultado do investimento feito com critério se vê nos gramados. O Flamengo dá shows, o Palmeiras, vexames.

Não há mal algum a patrocinadora alviverde gostar de ter a sua marca em destaque com as contratações de Alexandre Mattos. É evidente que ela espera retorno de mídia aos altos investimentos que ela faz no clube. É para isto que ela investe, para ter retorno financeiro.

Só que os seguidos fracassos – eliminações da Copa do Brasil e da Libertadores da América -, não prejudicam apenas o clube, mas também, e sobretudo, à patrocinadora.

O primeiro obstáculo de Mano Menezes no Palmeiras será apagar a imagem de técnico do Corinthians que carrega com ele. Sim, Mano está muito ligado ao maior rival palmeirense.

Mano Menezes não terá vida fácil no Palmeiras. Vai ter de dobrar as resistências de parte da torcida e do Conselho Deliberativo (Seraphim del Grande, presidente do CD alviverde já disse que a contratação do técnico “é uma burrice”) e motivar jogadores que ganham muito e produzem pouco.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa