Atletas da equipe bávara aceitaram reduzir salários para que o clube consiga pagar outros funcionários. Foto: Facebook/Reprodução

Atletas da equipe bávara aceitaram reduzir salários para que o clube consiga pagar outros funcionários. Foto: Facebook/Reprodução

O elenco do Bayern de Munique aceitou proposta da direção do clube e irão abrir mão de parte de seus salários durante período de paralisação do futebol devida à pandemia do novo coronavírus. De acordo com informações dos jornais alemães Bild e Abendzeitung München, jogadores, diretoria e conselho fiscal do Bayern deixarão de receber 20% dos salários enquanto a Bundesliga estiver suspensa.

O objetivo é acertar as contas para que os bávaros consigam pagar a remuneração de outros funcionários do clube.

Segundo as publicações, os principais dirigentes do Bayern se reuniram com os líderes do elenco bávaro para debater o assunto. Foram chamados Manuel Neuer, Thomas Müller, Robert Lewandowski, David Alaba, Joshua Kimmich e Thiago Alcântara, que entraram em acordo com o clube para tomar a medida.

A decisão do time de Munique vai ao encontro da medida tomada pelo Borussia Mönchengladbach, que na última semana anunciou que a diretoria e os jogadores decidiram abrir mão de parte de seus salários para que o clube consiga honrar com o pagamento de outros funcionários do clube.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa