Procedimento de resgate foi um dos treinamentos realizados no autódromo paulistano. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

Procedimento de resgate foi um dos treinamentos realizados no autódromo paulistano. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

O Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos, passou por um importante teste na manhã deste sábado (2), visando o GP do Brasil de Fórmula 1, que acontece no dia 17 de novembro, prova que será a penúltima da temporada.

Sob a supervisão do Dr. Dino Altmann, diretor médico do GP do Brasil de F1, aconteceram simulações de resgate de piloto em um cockpit disponibilizado pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e também de largada, com carros de uma escola de pilotagem de Interlagos, a Alpie, que também contou com todo o trabalho dos bandeiras para o treino de sinalização de pista e eventuais problemas com carros no momento do procedimento de largada.

Cockpit disponiblizado pela FIA para simulação de resgate em Interlagos. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

"Nós começamos nossas atividades há algumas semanas, quando reunimos a equipe toda dentro de um anfiteatro para conversar, falar sobre o GP e todos voltarem a se encontrar, não só esse é o objetivo, mas também credenciar todos, distribuir uniformes, enfim, toda a organização que um evento desses exige", explicou Altmann.

O médico chefe do GP Brasil também falou sobre a `equação´ entre rapidez para remoção do piloto em caso de acidente e também a técnica envolvida para a mesma.

"Esta equação é um compromisso com o estado geral do piloto. É lógico que se ele tem uma situação crítica a forma de retirá-lo do carro é diferente, mas quando ele não tem essa situação nós vamos utilizar uma técnica em que você possa ser mais seguro", ponderou o médico que estará à frente da equipe do Hospital Leforte, instituição médica oficial do GP Brasil desde 2017.

Dr. Dino Altmann, diretor médico do GP Brasil de Fórmula 1. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

Castilho de Andrade, diretor de imprensa do GP Brasil de Fórmula 1, também acompanhou todas as atividades matutinas em Interlagos e, assim como o Dr. Dino Altmann, falou com exclusividade ao Portal Terceiro Tempo.

"Este é o ensaio habitual, obrigatório, a organização faz desde que eu me conheço por gente, de quando eu frequentava o autódromo como jornalista, antes de participar da organização, e você precisa ter essa coisa muito bem `azeitada´, porque aqui no Brasil, por exemplo, isso é mais importante, pois na Europa você tem equipes de pista que estão constantemente em atividade, com várias categorias do automobilismo, então é mais fácil. Aqui nós temos uma única prova internacional de peso, que é a Fórmula 1, então, como a equipe não é 100% a mesma, alguém sai, alguém não pode participar, então é preciso treinar a equipe que é aquela quase permanente mas também aqueles que estão chegando à equipe que já existe", ponderou Castilho, que lembrou que pelo fato de o GP Brasil irá acontecer em um fim de semana de feriado, a sexta-feira de treinos livres deverá ter uma presença de público maior em relação a anos anteriores.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE INGRESSOS PARA O GP BRASIL DE F1, CLIQUE AQUI E ACESSE O SITE OFICIAL

Castilho de Andrade, diretor de imprensa do GP Brasil de F1, acompanhou com atenção todos os ensaios na manhã deste sábado em Interlagos. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

Equipe do Hospital Leforte durante o procedimento de resgate na simulação. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

Treinamento completo, até a remoção do paciente para a ambulância. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

Teste também para aqueles que estarão no trabalho de sinalização de pista. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

Procedimento de largada também foi repetidamente testado em Interlagos. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

O pequeno Bernardo, que recentemente passou por um período de internação no Hospital Leforte, e já está perfeitamente recuperado, curtiu andar na pista de Interlagos após a simulação de resgate. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

Muitos materiais da F1 já chegaram a Interlagos e estão na área atrás dos boxes. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

Intenso trabalho de limpeza na pista. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

Café reforçado para os jornalistas que foram a Interlagos para a cobertura do ensaio para o GP do Brasil de F1, prova que acontece no próximo dia 17 de novembro. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

Luis Ernesto Morales, Castilho de Andrade e Pedro Rosolen. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

O diretor de imprensa do GP Brasil de F1, Castilho de Andrade e sua vice-diretora, Marília Frias. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 



  


CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO
 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR TODAS AS COLUNAS DE MARCOS JÚNIOR MICHELETTI

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa