Equipe colorada teve dois gols anulados e um pênalti invalidado. Foto: Divulgação

Equipe colorada teve dois gols anulados e um pênalti invalidado. Foto: Divulgação

O Internacionl empatou em 0 a 0 com o Corinthians a partida disputada nesta quinta-feira (25) no Beira-Rio, válida pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro, jogo que impossibilitou a equipe gaúcha de conquistar o título, uma vez que o São Paulo venceu o Flamengo por 2 a 1 no Morumbi.

O primeiro tempo foi de domínio do Inter, que poderia ter saído em vantagem. Um pênalti (toque de mão de Ramiro) foi marcado e depois anulado por meio do VAR. Depois, gol de Yuri Alberto, que foi lançado por Patrick. O lance foi para revisão e impugnado, por impedimento do atacante colorado.

Abel Braga precisou abrir mão de seu capitão, quando Rodrigo Dourado sentiu contusão na coxa direita e foi substituído pelo xará Rodrigo Lindoso.

A etapa final começou com pressão do Inter, que teve uma grande chance com Edenilson, que cabeceou da pequena área após passe de Heitor, mas Cássio apareceu de forma espetacular para evitar a abertura do placar no Beira-Rio.

Aos 17 minutos, Caio Vidal acertou a trave de Cássio em mais um lance agudo do Inter, que buscava o gol, enquanto no mesmo instante o São Paulo vencia o Flamengo por 2 a 1 no Morumbi.

Aos 23 minutos, Thiago Galhardo e Abel Hernandez entraram, nos lugares de Praxedes e Yuri Alberto, respectivamente.

Em seguida,  Mancini também promoveu alterações no Corinthians, com a saída de Otero para entrada de Léo Natel e Roni deu lugar a Mateus Vital.

Lance perigoso que quase resultou em gol do Corinthians, cruzamento de Léo Natel da direita mas Jô não conseguiu alcançar para finalizar aos 31 minutos.

Caio Vidal saiu para a entrada de Peglow e Mauricio substituiu Heitor, mais duas tentativas de Abel Braga para conseguir marcar o gol da vitória.

Lucas Ribeiro, de cabeça, subiu bem em cobrança de escanteio e a bola passou perto da meta de Cássio. aos 38 minutos.

Nos acréscimos o Inter teve um lance paralisado por falta em Cássio, que resultou em gol.

O Inter ainda teve mais um gol anulado, impedimento de Edenilson e Lucas Ribeiro desperdiçou o último lance do jogo, chutando pelo alto, enquanto no Morumbi o Flamengo já havia sido derrotado para o São Paulo por 2 a 1. Luciano (de falta) abriu o placar para o Tricolor. Bruno Henrique empatou e Pablo fez o gol da vitória do São Paulo.

JEJUM COLORADO CONTINUA

Este seria o quarto título do Internacional no Campeonato Brasileiro. A equipe gaúcha venceu de forma consecutiva o certame em 1975 e 1976, contra Cruzeiro e Corinthians, respectivamente, nas duas ocasiões sob comando de Rubens Minelli.

O Colorado voltou a triunfar na histórica conquista do Brasileiro de 1979, quando ganhou o título de forma invicta, desta vez tendo Ênio Andrade (1928-1997) como seu comandante.

Depois do título em 1979 o Inter foi vice-campeão em cinco oportunidades: em 1988 (ainda no "mata-mata", perdendo para o Bahia) e três vezes na era dos pontos corridos, em 2005, 2006, 2009 e agora, em 2020 (finalizado em 2021), anos em que os campeões foram, respectivamente, o Corinthians, o São Paulo e duas vezes o Flamengo.

PRÓXIMOS JOGOS DE INTER E CORINTHIANS

O Inter estreia pelo Campeonato Gaúcho na próxima segunda-feira (01/03) no Beira-Rio diante do Juventude, às 20h.

O Alvinegro, por sua vez, tem confronto no próximo domingo (28) pelo Campeonato Paulista, fora de casa diante do Red Bull Bragantino, a partir das 18h.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa