O dinheiro que o Flamengo gera faz com que o time seja sempre forte, com bons jogadores

O dinheiro que o Flamengo gera faz com que o time seja sempre forte, com bons jogadores

O trabalho dentro e fora de campo que o Flamengo faz deve ser exaltado. Copiado. Servir de exemplo para os demais. A reestruturação administrativa e financeira feita no clube é o alicerce para as taças que estão sendo erguidas. Reconheço o processo e aplaudo os merecidos frutos. Mas levanto a questão e coloco dúvidas sobre prever uma hegemonia flamenguista no futebol brasileiro e sulamericano para os próximos anos. Além de ser impossível saber o que vai acontecer lá na frente, não podemos nos esquecer jamais que o cerne de tudo é o que acontece dentro das quatro linhas; e alí, já estamos cansados de saber, que nem sempre a lógica é o elemento mais presente.

O dinheiro que o Flamengo gera faz com que o time seja sempre forte, com bons jogadores. Porém isso não é garantia de títulos. No atual cenário, invariavelmente vamos aponta-lo como favoritos em todos os campeonatos. Porém, insisto: isso não quer dizer que vá ganhar sempre. Uma equipe de futebol vitoriosa se constrói com vários elementos e há alguns que o dinheiro não compra. Hoje, está tudo bem com o elenco rubro negro. Entretanto, amanhã pode aparecer uma crise de relacionamento, algum jogador chave pode se machucar, a guerra nos bastidores pode descer da sala de reuniões e interferir no gramado, enfim, eu poderia trazer inúmeras situações que são corriqueiras no mundo da bola para defender a tese de que a solidez do Flamengo, sim, ajuda, mas não garante que a bola entre toda hora.

Há alguns anos vimos o Palmeiras indicar que teria uma hegemonia por aqui. Arena nova, projeto de sócios robusto, contratações bombásticas, enfim, o palmeirense se valia de vários itens, que eram reais e verdadeiros, para prever que teria uma sequência de anos vitoriosa. A temporada 2019 foi nula de troféus e vimos uma mudança brusca na gestão do clube. O próprio São Paulo na década passada, com quatro anos mágicos conquistando Libertadores, Mundial e três Brasileiros, se autoproclamou Soberano e hoje vive uma seca de títulos.

Não quero nesse espaço ser `estraga prazer´ da maior torcida do país. Apenas me valho de alguns pontos e exemplos para não cair na tentação de cravar que o atual momento consagrado do Flamengo irá perdurar por anos e mais anos. O futebol é apaixonante porque a lógica na gestão, na administração e nas finanças é algo indispensável, mas ao mesmo tempo não garante nada. Já pensou que chato seria saber o resultado dentro de campo com base no que acontece fora dele? Os clubes mais bem administrados estarão sempre no topo. Mas para ser o primeiro deles é necessário mais do que contas em dia. E que bom que é assim!

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa