Gremistas questionam a arbitragem do jogo contra o São Paulo. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Gremistas questionam a arbitragem do jogo contra o São Paulo. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O Grêmio solicitou oficialmente ao STJD a anulação da partida contra o São Paulo, realizada no último sábado (17), no Morumbi, pelo Brasileirão. Alegando ter sido prejudicado pela arbitragem e questionando uma reunião entre os dirigentes são-paulinos e o chefe da comissão de arbitragem da CBF, Leonardo Gaciba, a direção do tricolor Gaúcho pede também o afastamento de Gaciba.

A diretoria do clube gaúcho se baseia nos artigos 84 (que trata exclusivamente da impugnação) e 259 (erro de direito) do Código Brasileiro de Justiça Desporitva (CBJD) além do artigo 30 do Estatuto do Torcedor sobre "a relação com a arbitragem esportiva” e destaca as razões que levaram ao pedido de anulação da partida:

- a reunião realizada por dirigentes do time paulista na última quinta-feira com Gaciba e Alício Pena Jr.;

- a troca do responsável pelo VAR no duelo do fim de semana (saiu Rodolpho Toski Marques e entrou Elmo Alves Resende Cunha) na véspera da partida

- e quatro lances que para o Grêmio deveriam ter sido revistos (dois pênaltis não marcados e duas possíveis expulsões).

Segundo o STJD, o Grêmio pediu “o afastamento do presidente da Comissão da CBF, Leonardo Gaciba, caso o mesmo tenha participado da reunião com os representantes do São Paulo e até que os fatos sejam totalmente esclarecidos”.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa