Volante corintiano ainda ressaltou a confiança no trabalho de Tiago Nunes. Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Volante corintiano ainda ressaltou a confiança no trabalho de Tiago Nunes. Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

O momento ruim do Corinthians tem incomodado os jogadores que não escondem a fase ruim. Em coletiva no CT Joaquim Grava na manhã desta sexta-feira (28), o volante Gabriel destacou a insatisfação com os resultados ruins, mas mostrou confiança na evolução do trabalho de Tiago Nunes.

“Estamos numa colocação que não é digna de Corinthians, temos que trabalhar para mudar isso. Vamos encontrar esse ideal o mais rápido possível para arrancar, classificar e no mata-mata nossa força é muito forte. Somos o atual tricampeão”, comentou Gabriel destacando que vê bons momentos no desempenho do Timão.

“O time vem jogando bem, mas o resultado não nos favorece, não estamos conseguindo as vitórias para chegar numa posição melhor”, disse.

Segundo colocado em seu grupo do Paulistão, o Corinthians pode terminar a rodada na quarta posição, fora da zona de classificação. Questionado sobre a tabela, Gabriel não escondeu o incomodo, mas mostrou confiança na classificação do Timão e na briga pelo título.

“Preocupa logicamente, queríamos estar numa posição mais tranquila, na fase de grupo e colocação geral para decidir em casa, mas o primeiro objetivo é esse, a classificação, e no mata-mata o que vier pela frente estaremos fortes para buscar o título”, afirmou.

“O Corinthians é o atual tricampeão paulista e estamos vivos para buscar o tetra. Hoje é difícil de falar em título, a equipe não vem conseguindo os resultados que merece, faltam 12 pontos em disputa, hoje estaríamos classificados. Seria uma tragédia não classificar, mas não passa na nossa cabeça. Nossa confiança está no mata-mata, o Corinthians é muito forte. A gente vai dar trabalho neste campeonato”, completou o meio-campista.

O volante ainda mostrou confiança no trabalho de Tiago Nunes. Gabriel destacou a gana do treinador alvinegro e afirmou que a má fase passará em breve.

“Tiago está tranquilo, focado aqui, um cara experiente, um pouco mais velho que eu, a gente respeita bastante, está com muita vontade de vencer. Essa maré vai passar e as coisas vão acontecer como sempre aconteceram. A desclassificação da Libertadores pesou, foi amarga para nós. Um dos nossos principais objetivos do ano, mas passou, temos que voltar à Libertadores no próximo ano para voltar ao objetivo da América. Mas passou, é trabalhar, classificar bem no Paulistão para no mata-mata medir forças com os adversários”, declarou.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa