Alemão comandou a dobradinha da Ferrari em Marina Bay. Foto: Scuderia Ferrari

Alemão comandou a dobradinha da Ferrari em Marina Bay. Foto: Scuderia Ferrari

O tetracampeão Sebastian Vettel (Ferrari) venceu neste domingo (22) o GP de Singapura, 15º do campeonato, no circuito de Marina Bay, após ter largado em terceiro lugar. Foi sua 53ª vitória na F1, categoria pela qual estreou em 2007, então pela BMW Sauber. 

Vettel quebrou um jejum de vitórias que durava desde o GP da Bélgica do ano passado, há pouco mais de um ano.

Ele comandou a dobradinha da equipe italiana, que teve Charles Leclerc recebendo a bandeira quadriculada em segundo lugar. Max Verstappen (Red Bull) completou o pódio, em terceiro. Hamilton foi o quarto, Bottas o quinto e Albon terminou em sexto.

A HORA "H"

A corrida se definiu no momento dos pit-stops. Leclerc liderava desde a largada, com Hamilton em segundo e Vettel em terceiro.

Vettel foi o primeiro a trocar pneus e se deu bem, pois Leclerc acabou retornando atrás dele. O mesmo aconteceu com Hamilton, que retardou ao máximo sua parada e caiu para quarto, atrás também de Verstappen.

Um toque de Grosjean (Haas) em Russel (Williams) provocou a entrada do carro de segurança, o que deu uma nova perspectiva de mudanças no pelotão da frente, mas as posições foram mantidas restando 20 voltas para o final.

BRONCA DE LECLERC...

Pelo rádio, justamente durante as voltas com o carro de segurança na pista, Leclerc indagou seu engenheiro, dizendo não estar entendendo o que havia acontecido. Voltou a reclamar depois e recebeu como resposta para que trouxesse seu carro para "casa", ou seja, para receber a bandeira quadriculada.

Uma nova entrada do carro de segurança aconteceu logo depois, por conta de um problema com Sergio Pérez (Racing Point), que apresentou problema mecânico e andava em ritmo lento.

As posições também se mantiveram, com Vettel, Leclerc, Verstappen, Hamilton, Bottas e Albon.

Kvyat (Toro Rosso) tocou em Raikkonen (Alfa Romeo) e nova entrada do carro de segurança e as posições permaneceram as mesmas até a bandeira quadriculada, quase no limite de duas horas.

CAMPEONATO

Hamilton, o líder soma 296 pontos contra 231 de Botas, o segundo colocado do campeonato. Leclerc continua em terceiro, com 200, mesmo número de pontos que Verstappen, o quarto, que perde apenas pelo número maior de vitórias do monegasco. Vettel, o quinto, está com 194. Pierre Gasly fecha o top-6, com 69.

Entre os construtores, supremacia absoluta da Mercedes, com 527 pontos. A Ferrari, que está em segundo lugar, soma 394. A Red Bull é a terceira, com 289. Bem atrás, em quarto lugar, está a McLaren, com 89. A Renault aparece em quinto, com 67 e a Toro Rosso ocupa o sexto lugar, com 55.

PRÓXIMO GP

Em uma semana acontece o GP da Rússia, em Sóchi. Será a sexta vez da prova no circuito, todas com vitória da Mercedes, sendo três de Hamilton, uma de Rosberg e uma de Bottas. No ano passado a pole foi de Bottas (1min35s861) mas Hamilton venceu, seguido por Bottas e Vettel.

 


  

 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR TODAS AS COLUNAS DE MARCOS JÚNIOR 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    58
  • 2 Pal
    50
  • 3 San
    48
  • 4 Cor
    43
  • 5 São
    43
  • Veja tabela completa