Holandês tomou a liderança na volta 9 e não a perdeu mais. Foto: Oracle Red Bull Racing

Holandês tomou a liderança na volta 9 e não a perdeu mais. Foto: Oracle Red Bull Racing

O holandês Max Verstappen, da Red Bull, venceu o GP de Miami neste domingo (8), quinta etapa do Mundial de Fórmula 1, exatamente na estreia deste circuito montado no complexo do Hard Rock Stadium, casa do Miami Dolphins, equipe da principal liga de futebol americano, a NFL. Foi sua 23ª vitória na categoria.

Partindo do terceiro lugar no grid, Verstappen superou Sainz logo na primeira curva e tomou a ponta de Leclerc, o pole, na volta 9, para não mais perder a liderança até receber a bandeira quadriculada na volta 57.

Leclec, que ainda segue na liderança do campeonato (104 a 85 sobre Verstappen), não consguiu ameaçar a supremacia clara da Red Bull de Verstappen durante a maior parte da prova, tentando algo apenas nas voltas finais, após uma bandeira amarela que reaproximou os carros, mas acabou terminando em segundo, enquanto Carlos Sainz, com a outra Ferrari, completou o pódio, em terceiro.

Sergio Pérez, com a Red Bull, foi o quarto, e os dois carros da Mercedes vieram na sequência, com Russell em quinto e Hamilton em sexto. 

 A PROVA

A prova começou com Leclerc, o pole, mantendo-se na dianteira, mas Sainz, o segundo do grid, nao conseguiu se sustentar nesta posição e foi superado por Verstappen. Hamilton, sexto na largada, perdeu posições para Gasly e Alonso, caindo para oitavo. Alonso chegou a tocar sua roda dianteira direita na traseira esquerda da Mercedes do heptacampeão.

Os dois carros da Aston Martin partiram do pit-lane, após a equipe ter detectado um problema no fluxo de combustível.

Na largada, tracionando bem, Leclerc manteve-se em primeiro, mas Verstappen emparelhou com Sainz e na primeira curva superou o espanhol. Foto: Oracle Red Bull Racing 

Ainda sem a liberação para uso da asa móvel, na volta 3, Hamilton ultrapassou Alonso e subiu para sétimo, enquanto seu companheiro de equipe, George Russell, em 15º, sofria para se manter à frente da Williams de Albon. 

Na sexta volta, com o uso da asa móvel, Hamilton recuperou sua posição de largada, tomando o sexto lugar de Gasly.

Abandono de Zhou na volta 7, com problemas em sua Alfa-Romeo, enquanto o outro pilto do time, Valtteri Bottas, ocupava o quinto lugar. 

NOVO LÍDER

Na volta 9, após ter iniciado uma franca aproximação em relação a Leclerc, Verstappen tomou a liderança do monegasco, que na sequência até tentou dar o troco, mas a Red Bull tinha muito mais velocidade de reta, e o holandês conseguiu manter-se com uma folga em relação ao piloto da Ferrari. 

Leclerc cometeu um erro em uma curva e Verstappen ficou mais tranquilo na liderança, enquanto Pérez se aproximava de Sainz na busca pelo terceiro lugar, mas o mexicano começou a se queixar pelo rádio com seu engenheiro sobre um problema de perda de potência.

Enquanto isso, Max fazia uma sequência de boas voltas e ampliava sua vantagem para Leclerc, na casa de 4s2 para Leclerc na volta 22.

Pérez, após orientações de seu engenheiro, mudou alguns ajustes a partir do volante de seu carro e voltou a performar bem.

Leclerc fez sua troca de pneus na volta 25, retornando de pneus duros, na quarta posição.

Verstappen parou no giro seguinte, e retorno em segundo, com a liderança passando para Sainz, mas o espanhol também parou, na volta posterior, fazendo com que Verstappen retomasse a primeira colocação.

Nos boxes, problema com a roda dianteira direita de Sainz, mas ainda assim ele conseguiu voltar em terceiro, com Pérez em quarto.

Na volta 30, ainda mais soberano na frente, Verstappen tinha 7s2 de vantagem para Leclerc. 

ACIDENTE NA VOLTA 41

Entrada do safety car na volta 41 por conta de um acidente entre Norris e Gasly, que estava lento e Norris bateu forte na roda traseira esqueda do francês e em seguida se chocou contra o muro. Uma roda se desprendeu, mas todos saíram ilesos. 

A pista foi liberada apenas na volta 47, restando dez para o final. 

Os dez primeiros eram Verstappen, Leclerc, Sainz, Pérez, Bottas, Hamilton, Russell, Alonso, Mick Schumacher e Ocon.

Pérez se insinuou para cima de Sainz, mas o espanhol conseguiu se sustentar em terceiro, enquanto Verstappen controlava bem a liderança, com boa margem para Leclerc.

Na volta 50, Russell ultrapassou Hamilton e Bottas errou, caindo para sétimo.

Leclerc partiu para tentar a vitória e começou a reduzir a diferença em relação a Verstappen. 

Choque entre Vettel e Mick Schumacher na volta 55, com os dois saindo no prejuízo. Mick foi aos boxes para trocar o bico mas deixou a zona de pontos e Vettel abandonou.

Verstappen conseguiu se sustentar em primeiro para vencer pela 23ª vez na Fórmula 1, seguido pelos dois carros da Ferrari, com Leclerc em segundo e Sainz em terceiro. 

 

PRÓXIMA ETAPA

Em duas semanas, no dia 22 de maio, acontece a sexta etapa do Mundial, o GP da Espanha, em Barcelona, no circuito de Montmeló, na Catalunha. No ano passado a pole foi de Lewis Hamilton, com 1min16s741. Ele mesmo venceu a prova, seguido por Verstappen e Bottas. 

CALENDÁRIO COMPLETO DO MUNDIAL DE FÓRMULA 1 EM 2022

20/03/2022 – GP do Bahrein – Sakhir – Pole de Charles Leclerc (1min30s558) - Vitória de Charles Leclerc 
27/03/2022 – GP da Arábia Saudita – Jedá – Pole de Sergio Pérez (1min28s200) - Vitória de Max Verstappen
10/04/2022 – GP da Austrália – Melbourne – Pole de Charles Leclerc (1min17s868) - Vitória de Charles Leclerc
24/04/2022 – GP da Emília-Romanha – Ímola – Pole de Max Verstappen (vencedor da Sprint) - Vitória de Max Verstappen
08/05/2022 – GP de Miami – Miami (EUA) – Pole de Charles Leclerc  (1min28s796) - Vitória de Max Verstappen
22/05/2022 – GP da Espanha – Barcelona – 
29/05/2022 – GP de Mônaco – Monte Carlo – 
12/06/2022 – GP do Azerbaijão – Baku – 
19/06/2022 – GP do Canadá – Montreal – 
03/07/2022 – GP da Inglaterra – Silverstone – 
10/07/2022 – GP da Áustria – Red Bull Ring / Spielberg – 
24/07/2022 – GP da França – Paul Ricard – Horários
31/07/2022 – GP da Hungria – Hungaroring / Budapeste – 
28/08/2022 – GP da Bélgica – Spa-Francorchamps – 
04/09/2022 – GP da Holanda – Zandvoort – 
11/09/2022 – GP da Itália – Monza – 
02/10/2022 – GP de Singapura – Marina Bay – 
09/10/2022 – GP do Japão – Suzuka – Horários
23/10/2022 – GP dos EUA – COTA / Austin – 
30/10/2022 – GP do México – Cidade do México – 
13/11/2022 – GP de São Paulo – Interlagos / Brasil – 
20/11/2022 – GP de Abu Dhabi – Yas Marina –  

  

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

 


  

 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa