Holandês da Red Bull vive um fim de semana perfeito até agora. Foto: Red Bull Racing

Holandês da Red Bull vive um fim de semana perfeito até agora. Foto: Red Bull Racing

O holandês Max Verstappen confirmou o favoritismo e conquistou a pole para o GP do Bahrein, na classificação disputada neste sábado (27) no circuito de Sakhir, que sedia a etapa de abertura do Mundial de Fórmula 1 neste domingo (28), com largada às 12h (de Brasília). 

Após liderar as três sessões livres, Verstappen colocou sua Red Bull no topo da tabela fazendo sua melhor passagem pelos 5.412 metros do traçado barenita em 1min28s997, melhor tempo de todo o fim de semana, superando Hamilton em 0s388, que partirá ao seu lado com a Mercedes.

Foi a quarta pole de Verstappen na Fórmula 1, piloto que estreou na categoria em 2015 pela Toro Rosso e já venceu dez corridas, a última delas no encerramento da temporada passada, em Abu Dhabi, ocasião em que também largou na frente. As outras poles de Max, que está com 23 anos, foram em 2019, nos GPs da Hungria e do Brasil.

Verstappen comemora a pole no Bahrein, quarta na Fórmula 1. Foto: Red Bull Racing

A segunda fila terá Valterri Bottas (Mercedes) e Charles Leclerc (Ferrari), quarto e quinto colocados, respectivamente.

Pierre Gasly, com a Alpha Tauri, fez um belo trabalho para conseguir o quinto posto no grid, e Daniel Ricciardo, estreando pela McLaren, fecha a lista dos seis primeiros.

PNEUS MÉDIOS...

No Q2, andando de pneus médios, Tsunoda e Pérez não conseguiram avançar à fase decisiva da sessão. Ambos tinham reais chances de uma boa classificação, mas a estratégia arriscada os deixou de fora.

ALONSO

Reestreando na Fórmula 1 após ausência em duas temporadas, o espanhol Fernando Alonso não decepcionou com a Alpine e parte da quinta fila, em nono lugar.

Em compensação, seu companheiro de equipe, o francês Esteban Ocon, sequer passou do Q1, e parte em 16º.

Fernando Alonso parte em nono com a Alpine. Foto: Alpine F1 Team

VETTEL

O alemão, fazendo sua estreia pela Aston Martin, não passou do Q1 e justificou seu fraco desempenho pela bandeira amarela acionada por conta da rodada de Mazepin no final da reta principal, impedindo que ele abrisse sua volta rápida, no caso, a última tentativa, já no final desta parte da sessão. Ele parte em 18º lugar, à frente apenas dos carros da Haas, de Schumacher e Mazepin.

Q1

Na primeira parte do treino, Williams e Haas foram as primeiras a entrarem no traçado de Sakhir, mas foram necessários apenas dez minutos para que Vestappen conseguisse assumir a ponta com 1min30s499, 0s108 melhor que Tsunoda, que se colocava na segunda colocação. Esta já era, então, a melhor marca do fim de semana no Bahrein.

Verstappen deu uma exagerada em sua volta rápida e raspou muito o assoalho na zebra. Foi possível notar, em câmera lenta, que algum pedaço desta parte de sua Red Bull se soltou. Imediatamente ele retornou aos boxes.

Mazepin rodou duas vezes, a segunda delas no final da reta, ficando com a Haas atravessada na pista.

Não passaram ao Q2: Ocon, Latifi, Vettel, Schumacher e Mazepin. Sainz passou no limite, ficando em 15º, muito distante do compaheiro de Ferrari, Leclerc, que foi o quarto. Sainz, aliás, em imagem recuperada, apareceu com seu carro "engasgando", lento, com dificuldade de chegar aos boxes.

Q2

Com 15 carros na pista, o desafio para ficar entre os dez melhores para disputar a pole na fase final da classificação.

Verstappen poupou pneus na parte final a sessão e não arriscou, terminando em sétimo, enquanto a Ferrari ficava com os dois primeiros lugares, com Sainz e Leclerc.

Não passaram ao Q2: Pérez, Giovinazzi, Raikkonen, Russel e Ocon.

Q3

Hamilton, depois Verstappen, foram os primeiros a giros na casa de 1min29s e se colocavam nas duas primeira colocações logo no começo da fase final da classificação. 

Mas estas foram apenas as primeiras tentativas, e Leclerc e Alonso ficaram nos boxes, pois não tinham pneus para duas voltas rápidas. Assim, deixaram tudo para os minutos finais.

Restando pouco mais de três minutos, todos os dez carros foram para a pista.

A fila indiana se formou, com as duas Mercedes puxando o pelotão, Bottas e Hamilton. Stroll foi o primeiro a registrar tempo e não teve tempo de uma nova tentativa.

Hamilton foi o primeiro a baixar para a casa de 1min29s, mas Verstappen estava com apetite e um carro absolutamente perfeito para conseguir sua quarta pole na Fórmula 1, em 1min28s997.




  

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOUTUBE

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa