Monegasco levou a Ferrari ao topo em Sakhir. Foto: Scuderia Ferrari

Monegasco levou a Ferrari ao topo em Sakhir. Foto: Scuderia Ferrari

O monegasco Charles Leclerc, da Ferrari, que largou na pole, venceu neste domingo (20) o GP do Bahrein, em Sahkir, prova de abertura do Mundial de Fórmula 1 em 2022.

Carlos Sainz, seu companheiro de equipe, completou a dobradinha da Ferrari, superando Verstappen a duas voltas do final, e logo em seguida o holandês da Red Bull teve problemas hidráulicos e abandonou.

As maiores emoções ficaram concentradas entre as voltas 17 e 19, quando Leclerc foi superado por Verstappen, mas deu o troco por três vezes, matnendo-se na liderança, e também a seis voltas do final, por conta de uma bandeira amarela para a remoção da AlphaTauri de Pierre Gasly, incendiada em sua parte traseira.

Foi a terceira vitória de Leclcerc na Fórmula 1. As outras duas aconteceram em 2019, na Bélgica (Spa-Francorchamps) e na Itália (Monza), ambas pela Ferrari. De quebra, ele ainda fez a volta mais rápida da prova deste domingo, conquistando o ponto de bonificação.

A Ferrari chegou à sua 85ª dobradinha na Fórmula 1. A última havia sido no GP de Singapura de 2019, com Vettel em primeiro e Leclerc em segundo lugar.

Com Sainz em segundo e Verstappen fora de combate, a disputa ficou em aberto pelo terceiro lugar na penúltima volta, com Pérez em terceiro e Hamilton em quarto, mas na última volta, sozinho, Pérez acabou rodando, fazendo com que o terceiro lugar caisse no colo de Hamilton.

George Russell, com a outra Mercedes, foi o quarto e Kevin Magnussen finalizou seu retorno à Fórmula 1 de maneira brilhante, em quinto lugar com a Haas. Valtteri Bottas, que largou em sexto com a Alfa Romeo, terminou nesta mesma posição, mas depois de um começo muito ruim, quando caiu para 14º lugar na largada.

O sétimo foi Esteban Ocon (Alpine), seguido por Yuki Tsunoda (AlphaTauri). Fernando Alonso (Alpine) terminou em nono e o estreante chinês Guanyu Zhou (Alfa Romeo) marcou seu ponto, em décimo.

Verstappen abrindo para superar Leclerc, mas o monegasco recuperou a liderança por três vezes em manobras semelhantes do holandês, que abandonou no final. Foto: Oracle Red Bull Racing

 

 

A PROVA

Na largada, Leclerc manteve-se na dianteira e Verstappen não teve a menor chance de tentar alguma manobra para superá-lo. Sainz permaneceu em terceiro e Hamilton ganhou a quarta colocação de Pérez, enquanto Bottas, sexto no grid, despencou para 14º.

Os dez primeiros na primeira volta: Leclerc, Verstappen, Sainz, Hamilton, Magnussen, Pérez, Russell, Gasly, Alonso e Ocon.

Mudança de posição no top-10 na volta 2, com Pérez superando Magnussen para ganhar o quinto posto. Depois, Magnussen também foi superado por Russell, enquanto Leclerc abria boa margem para Verstappen, na casa de 1s7.

Um toque entre Ocon e Mick Schumacher ocasionou punição de 5 segundos para Ocon.

Hamilton foi o primeiro a fazer troca de pneus, de macios para duros. Verstappen também parou na volta 15.

Os seis primeiros na volta 15: Leclerc, Pérez, Russell, Verstappen, Sainz e Tsunoda.

Leclerc parou na volta 16 para trocar pneus e ainda voltou em primeiro, mas Verstappen apareceu colado em sua Ferrari.

Com pneus aquecidos e demonstrando ter um carro muito equilibrado, Leclerc conseguiu abrir vantagem, mas Verstappen tomou a liderança e em seguida o monegasco deu o troco, ambos utilizando asa móvel. 

Na volta 18, repetição do que aconteceu na volta anterior, com Max superando Charles e depois o troco.

Na volta 19, nova ultrapassagem de Verstappen sobre Leclerc, mas desta vez ele retardou demais a freada e levou o "x" do piloto da Ferrari.

Na volta 20, a 1s2, Max não pôde abrir a asa móvel e Charles teve mais tranquilidade. A "fritada" no pneu dianteiro direito talvez trouxe prejuízo ao holandês da Red Bull.

Na volta 27, vantagem de Leclerc para Verstappen em 3,7s

Os seis primeiros na volta 30: Leclerc, Verstappen, Sainz, Pérez, Russell e Magnussen. Hamilton havia parado para trocar de pneus duas voltas antes e caiu para oitavo.

Paradas para Verstappen e Leclerc nas voltas 31 e 32, respectivamente. Trabalho da Ferrari um pouco melhor e o monegasco retornou com mais folga.

Vantagem de Leclerc para Verstappen na volta 36 na casa de 2s1. Verstappen parou na volta 44 e calçou sua Red Bull com o composto macio, mesma estratégia adotada por Pérez.

Leclerc passou direto na volta 45 e Sainz foi para mais uma troca de pneus, também macios.

Expectativa para entrada de Leclerc para uma derradeira troca de pneus, quando a AlphaTauri de Gasly sofreu uma pane e começou a se incendiar na parte traseira. Inicialmente, safety-car virtual e, depois, safety-car físico.

Leclerc nos boxes para sua última troca de pneus durante o período de bandeira amarela com safety-car. Leclerc voltou com boa margem para Verstappen e o holandês começou a se queixa de um problema em sua direção, aparentemente pesada.

Os seis primeiros na volta 45: Leclerc, Verstappen, Sainz, Pérez, Hamilton e Russell.

Com todos os carros reagrupados, relargada na volta 51, e todos com pneus macios, emoção garantida para as seis voltas finais.

Leclerc foi bem na relargada e Verstappen precisou se precaver contra o ataque franco de Sainz, mas também conseguiu sustentar a segunda colocação, mas a duas voltas do final, Sainz superou o holandês e subiu para segundo. Em seguida, com problemas hidráulicos, Verstappen abandonou.

Hamilton ainda garantiu um lugar no pódio, em terceiro, com a rodada de Pérez na última volta, quando era pressionado pelo heptacampeão.

PRÓXIMA ETAPA

Em uma semana, no dia 27 de março, acontece a segunda etapa do campeonato, o GP da Arábia Saudita, no traçado urbano de Gidá, pista que entrou no calendário da Fórmula 1 pela primeira vez no ano passado, tendo sido a penúltima etapa do Mundial de 2021, realizada em 5 de dezembro, ocasião em que Hamilton largou na pole, com 1min27s511. Ele mesmo venceu, seguido por Verstappen e Bottas.


  

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa