Monegasco brilhou para vencer o GP da Áustria. Foto: Scuderia Ferrari

Monegasco brilhou para vencer o GP da Áustria. Foto: Scuderia Ferrari

O monegasco Charles Leclerc, da Ferrari, fez uma brilhante prova e venceu neste domingo (10) o GP da Áustria de Fórmula 1, no Red Bull Ring, em Spielberg, nesta que foi a 11ª etapa do Mundial. Foi o quinto triunfo de Leclerc na categoria, terceiro na temporada.

Partindo do segundo lugar no grid, Leclerc foi muito competitivo desde o começo, primeiro não permitindo que Verstappen abrisse, depois, com um carro muito veloz nas retas, retardando suas paradas para troca de pneus, mostrou-se eficiente para ganhar a posição em relação ao piloto da Red Bull em três ocasiões. Verstappen não teve o mesmo carro competitivo que o levou ao triiunfo na Corrida Sprint e precisou se contentar com o segundo lugar.

Ainda assim, o final acabou sendo tenso para Leclerc, com um problema no acelerador de sua Ferrari, que não retornava a zero de aceleração quando ele tirava o pé. 

Carlos Sainz, companheiro de equipe de Leclec, caminhava para completar a dobradinha da Ferrari quando precisou abandonar com seu carro em chamas quando restavam 12 voltas para o final.

Assim, no pódio, pela terceira corrida seguida, Lewis Hamilton levou a Mercedes ao terceiro lugar. seguido pelo seu companenheiro de equipe George Russell. Esteban Ocon foi o quinto com a Alpine  e Mick Schumacher completou a lista dos seis primeiros, a bordo da Haas. 

CAMPEONATO

A vitória fez Leclerc tomar a segunda posição na tabela, que era de Pérez, que abandonou a prova deste domingo. O monegasco soma 170 pontos e está a 38 do líder Verstappen, que tem 208. 

PRÓXIMA ETAPA

Em duas semanas, no dia 24 de julho, acontece a 12ª etapa do campeonato, o GP da França, em Paul Ricard. A pole em 2021 foi de Verstappen, com 1min29s990. Ele mesmo venceu a prova, seguido por Hamilton e Pérez. Serão disputadas 53 voltas pelos 5.842 metros do traçado francês. 

O alemão Michael Schumacher é o recordista de vitórias do GP da França, com oito triunfos, em 1994, 1995, 1997, 1998, 2001, 2002, 2004 e 2006. O francês Alain Prost venceu em seis edições: 1981, 1983, 1988, 1989, 1990, 1993, e está em segundo lugar neste ranking. 

 

 A PROVA

Na largada, Verstappen manteve-se em primeiro, seguido por Leclerc e Sainz. Toque entre Russell e Pérez, que rodou e precisou trocar a asa dianteira. Russell foi punido em 5 segundos pelo choque e também trocou a asa dianteira em sua parada.

Max até conseguiu abrir nas primeiras voltas, mas Leclerc gradativamente reduziu a diferença e ultrapassou o piloto da Red Bull na volta 12. Em seguida, antecipando sua troca de pneus, Verstappen fez sua troca e retornou em oitavo.

Os seis primeiros na volta 15 eram Leclerc, Sainz, Ocon, Hamilton, Magnussen e Mick.  

Verstapppen iniciou sua recuperação, e em cinco voltas já era o terceiro colocado, atrás dos dois carros da Ferrari, a 20 segundos do líder Leclerc, que fez sua troca de pneus na volta 27.

Sainz, sem trocar pneus ainda, assumiu a liderança, seguido por Verstappen e Leclerc. Sainz fez sua parada na volta eguinte e Pérez abandonou a prova.

Com pneus mais novos, Leclerc reduziu a diferença para o líder Versappen e tomou a ponta da corrida na volta 33.

Sainz, também com pneus melhores que Max, começou a se aproximar do piloto holandês, sinalizando uma possível dobradinha da Ferrari, enquanto Verstappen foi para mais uma troca de pneus, calçando sua Red Bull com o composto mais duro da Pirelli na volta 37, restando 34 para o final.

Leclerc fez nova parada na volta 50 para colocar seu último jogo de pneus. Sainz assumiu a ponta, com Verstappen em segundo. Leclerc retornou na terceira colocação. Sainz parou no giro seguinte.

Os seis primeiros na volta 52 eram Verstappen, Leclerc, Sainz, Hamilton, Alonso e Ocon.

Leclerc novamente, a exemplo de suas pós-paradas, estava em ritmo bem melhor que Verstappen, projetando retomar a liderança rapidamente, e isso aconteceu na volta seguinte, a 53.

Pelo rádio, Max queixou-se da tração de sua Red Bull, mas o maior prejuízo acabou sendo para Sainz, que teve sua Ferrari em chamas com problemas de motor quando restavam 12 voltas para o final e estava próximo de ultrapassar Verstappen e completar a dobradinha da Ferrari.

Com safety-car virtual, Leclerc e Verstappen foram para os boxes para uma outra troca de pneus, para os compostos médios.

Pista liberada restando dez voltas, com Leclerc na frente com quase 4 segundos de vantagem para Verstappen.

Pelo rádio, agora Leclerc era quem reclamava de um problema, no acelerador de sua Ferrari. O acelerador, segundo seu engenheiro, não retornava a zero quando ele tirava o pé. 

Mesmo assim, conseguiu superar a dificuldade e vencer pela quinta vez na Fórmula 1, com Verstappen em segundo e Hamilton em terceiro. 

CALENDÁRIO COMPLETO DO MUNDIAL DE FÓRMULA 1 EM 2022

ETAPAS REALIZADAS

1ª - 20/03/2022 – GP do Bahrein – Sakhir – Pole de Charles Leclerc (1min30s558) - Vitória de Charles Leclerc
2ª - 27/03/2022 – GP da Arábia Saudita – Jedá – Pole de Sergio Pérez (1min28s200) - Vitória de Max Verstappen
3ª - 10/04/2022 – GP da Austrália – Melbourne – Pole de Charles Leclerc (1min17s868) - Vitória de Charles Leclerc
4ª - 24/04/2022 – GP da Emília-Romanha – Ímola – Pole de Max Verstappen (vencedor da Sprint) - Vitória de Max Verstappen
5ª - 08/05/2022 – GP de Miami – Miami (EUA) – Pole de Charles Leclerc (1min28s796) - Vitória de Max Verstappen
6ª - 22/05/2022 – GP da Espanha – Barcelona – Pole de Charles Leclerc (1min18s750) - Vitória de Max Verstappen
7ª - 29/05/2022 – GP de Mônaco – Monte Carlo – Pole de Charles Leclerc (1min11s376) - Vitória de Sergio Pérez
8ª - 12/06/2022 – GP do Azerbaijão – Baku – Pole de Charles Leclerc (1min41s359) - Vitória de Max Verstappen
9ª - 19/06/2022 – GP do Canadá – Montreal – Pole de Max Verstappen (1min21s299) - Vitória de Max Verstappen
10ª -03/07/2022 – GP da Grã-Bretanha – Silverstone – Pole de Carlos Sainz (1min40s983) - Vitória de Carlos Sainz
11ª -10/07/2022 – GP da Áustria – Red Bull Ring / Spielberg – Pole para a Sprint de Max Verstappen (1min04s984) - Vitória de Verstappen na Corrida Sprint - Vitória de Leclerc na corrida principal

ETAPAS RESTANTES

12ª -24/07/2022 – GP da França – Paul Ricard –
13ª -31/07/2022 – GP da Hungria – Hungaroring / Budapeste –
14ª -28/08/2022 – GP da Bélgica – Spa-Francorchamps –
15ª -04/09/2022 – GP da Holanda – Zandvoort –
16ª -11/09/2022 – GP da Itália – Monza –
17ª -02/10/2022 – GP de Singapura – Marina Bay –
18ª -09/10/2022 – GP do Japão – Suzuka – Horários
19ª -23/10/2022 – GP dos EUA – COTA / Austin –
20ª -30/10/2022 – GP do México – Cidade do México –
21ª -13/11/2022 – GP de São Paulo – Interlagos / Brasil –
22ª -20/11/2022 – GP de Abu Dhabi – Yas Marina –

 

  

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa