Piloto larga em terceiro na corrida 1 deste domingo. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

Piloto larga em terceiro na corrida 1 deste domingo. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

O argentino Matías Rossi, quinto colocado da temporada da Stock Car, fazendo sua terceira temporada na categoria, falou com exclusividade ao Portal Terceiro Tempo neste fim de semana no Autódromo de Interlagos, palco da sétima etapa do campeonato, que será disputada neste domingo (31) em rodada dupla.

Vivendo seu melhor momento na Stock, Rossi, que tem uma sólida e robusta carreira na Argentina, com três títulos na TC 2000 e dois na Super TC 2000, entre outros, exaltou o nível alto dos pilotos da Stock Car e demonstrou satisfação por estar em seu momento mais competitivo na categoria, lutando pelo título.  

"A competitividade é muito alta. Tem os ex-Fórmula 1, como Rubens (Barrichello), Nelsinho Piquet, Ricardo Zonta, Felipe Massa e o Tony Kanaan, que está competindo também na IndyCar e mais todos os pilotos que são daqui do Brasil, como Thiago Camilo, Gabriel Casagrande, Daniel Serra, Ricardo Maurício, todos pilotos muito bons, então com esse nível tão alto é muito difícil competir aqui, então estou muito feliz por estar bem neste ano, porque o nível aqui é muito competitivo", ponderou Rossi, que pontuou sobre o fato de estar mais ambientado com o carro e os circuitos brasileiros. 

"O balanço é muito bom. É minha terceira temporada e já conheço bem o carro, quase todos os circuitos, e em meu primeiro ano com a equipe AMattheis Vogel estamos podendo fazer um bom trabalho, com uma vitória, fazer pódios, estamos em um momento feliz por isso", emendou o piloto que está com 38 anos.

Aliás, falando em autódromos, Matías Rossi, que tem o apelido de "Missil", fez um comparativo entre os autódromos brasileiros e os de seu país, sinalizando que não há grandes diferenças, inclusive nos aspectos técnicos e de infraestrutura.

"Acho que é similar à Argentina, porque aqui no Brasil tem autódromos muito bons e pistas de muito boa infraestrutura, como Interlagos, Velocitta e Goiânia, mas tem outras pistas que requerem um pouco mais de manutenção, mais ou menos como acontece na Argentina, que tem autódromos muito bons, mas são poucos, e nos demais falta um pouco de infraestrutura. Mas as características técnicas das pistas são parecidas. pois aqui no Brasil há circuitos rápidos e outros lentos e na Argentina a mesma coisa, então não vejo uma diferença signifcativa nesse sentido entre eles", comparou Rossi.

Junto ao seu Toyota Corolla, nos boxes da AMattheis Vogel. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT 

Para finalizar, indagado especificamente sobre Interlagos, pista em que disputa a etapa deste fim de semana, acerca das soluções para uma boa volta pelos 4.309 metros da pista que integra o calendário da Fórmula 1, Rossi apontou a necessidade de um bom balanço do carro sobretudo no setor 1.

 "Aqui, a mim por exemplo sempre foi difícil o primeiro setor, onde é preciso frear bem no "S" do Senna e na curva 4 (Lago), são pontos em que o piloto precisa encontrar um bom balanço do carro. Obviamente é preciso fazer bem os setores 2 e 3. sem dúvida, para a volta ser toda boa, mas acho que em Interlagos é muito importante fazer bem o setor 1 para poder brigar pela pole", finalizou Matías Rossi, que na classificação realizada neste sábado (30) obteve a segunda posição para a largada da corrida 1 (a pole ficou com Cesar Ramos, da Ipiranga Racing), programada para começar às 13h10 do domingo (31) . A corrida 2, em sequência, terá seu grid invertido do décimo para o primeiro colocado em relação às posições de chegada. Assim, o décimo larga em primeiro, o nono em segundo e assim sucessivamente.

Matías Rossi, que venceu a corrida 2 disputada no Velocitta (Mogi Guaçu-SP) em dia 15 de maio, contabiliza 137 pontos e está na quinta posição nesta temporada que é liderada por Daniel Serra (Eurofarma RC).

No entando, Serra não participa da etapa de Interlagos neste fim de semana, pois tem compromisso no GT World Challenge no mesmo dia, as 24 Horas de Spa-Francorchamps, na Bélgica.

Matías Rossi no "S" do Senna durante a classiicação. Piloto parte da pimeira fila, em segundo lugar. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT 

PROGRAMAÇÃO RESTANTE PARA A SÉTIMA ETAPA DA STOCK CAR, EM INTERLAGOS

DOMINGO (31)

13h10 – Corrida 1 - 30 minutos mais uma volta 
13h45 – Corrida 2 - 30minutos mais uma volta 

CALENDÁRIO COMPLETO DA STOCK CAR EM 2022

ETAPAS JÁ REALIZADAS

1ª etapa - 13/02 – Interlagos – Corrida de Duplas - Vitória (combinado) de Gabriel Casagrande/Gabriel Robe - Vitórias avulsas de Gabriel Casagrande (corrida 1) e Enzo Elias (corrida 2)
2ª etapa - 20/03 – Goiânia – anel externo - Vitórias de Rubens Barrichello nas duas corridas
3ª etapa - 10/04 – Rio de Janeiro – GP do Galeão - Vitóias de Daniel Serra e Ricardo Mauricio
4ª etapa - 15/05 – Mogi Guaçu (SP) - Velocitta - Vitórias de Ricado Zonta e Matías Rossi
5ª e 6ª etapas - 02 e 03/07 – Velopark (RS) - Vitórias de Gabriel Csagrande e Nelsinho Piquet

PRÓXIMAS ETAPAS

7ª etapa - 31/07 – Interlagos -
8ª etapa - 04/09 – Mogi Guaçu (SP) - Velocitta
9ª etapa - 25/09 – Rio Grande do Sul – Santa Cruz do Sul
10ª e 11ª etapas – 22 e 23/10 – Goiânia – traçado misto e anel externo
12ª etapa - 20/11 – Brasília - no anel externo

CLASSIFICAÇÃO COMPLETA DO CAMPEONATO:

1º - Daniel Serra, 184 pontos
2º - Gabriel Casagrande, 173
3º - Rubens Barrichello, 152
4º - Gaetano Di Mauro, 147
5º - Matías Rossi, 137
6º - Bruno Baptista, 130
7º - César Ramos, 129
8º - Rafael Suzuki, 117
9º - Guilherme Salas, 114
10º - Nelson Piquet Jr., 107
11º - Ricardo Zonta, 103
12º - Thiago Camilo, 93
13º - Ricardo Maurício, 84
14º - Julio Campos, 72
15º - Allam Khodair, 68
16º - Galid Osman, 67
17º - Diego Nunes, 67
18º - Marcos Gomes, 65
19º - Átila Abreu, 60
20º - Sergio Jimenez, 58
21º - Denis Navarro, 57
22º - Cacá Bueno, 57
23º - Tony Kanaan, 55
24º - Felipe Lapenna, 54
25º - Gianluca Petecof, 42
26º - Felipe Baptista, 42
27º - Felipe Massa, 40
28º - Pedro Cardoso, 24
29º - Lucas Foresti, 22
30º - Rodrigo Baptista, 19
31º - Gabriel Robe, 11
32º - Tuca Antoniazi, 9
33º - Beto Monteiro, 7
34º - Gustavo Frigotto, 3
35º - Thiago Vivacqua, 2
36º - Renato Braga, 0
37º - André Moraes Jr., 0


      

  

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOUTUBE

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa