Ex-goleiro conquistou muitos títulos como jogador e treinador. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

Ex-goleiro conquistou muitos títulos como jogador e treinador. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

Emerson Leão, um dos melhores goleiros do Brasil em todos os tempos, completa 70 anos nesta quinta-feira (11). Em 20 anos de carreira profisisional como jogador ele conseguiu um feito pouco comum: ter sido ídolo dos rivais Palmeiras e do Corinthians, ainda que tenha defendido a meta do clube de Parque São Jorge em apenas uma temporada.

Depois de iniciar sua carreira profissional pelo Comercial de Ribeirão Preto, cidade em que nasceu em 11 de julho de 1949, profissionalizou-se pelo São José (de São José dos Campos), mas logo despertou o interesse esmeraldino, aportando no Palmeiras em 1968, e já no ano seguinte disputou sua primeira Copa do Mundo, como segundo reserva. O titular foi Félix e Ado era o reserva imediato.

Pelo Palmeiras, onde esteve por dois períodos, entre 1968 e 1978 e 1984 a 1986, conquistou três títulos paulistas (1972, 1974 e 1976), três brasileiros (1969, 1972 e 1973) e outros três Ramón de Carranza, em 1969, 1974 e 1975.

No Corinthians foi campeão paulista no único ano que defendeu o clube, em 1983. Antes. pelo Grêmio, levantou duas taças: no Gaúcho de 1980 e no Brasileiro de 1981.

Além de estar no elenco da seleção brasileira na Copa de 70, Leão foi titular em dois outros mundiais: em 1974 e 1978. Não foi convocado por Telê Santana em 1982, quando vivia uma grande fase e foi reserva na Copa seguinte, em 1986.

Como treinador de futebol, função que começou a exercer assim que deixou os gramados, conquistou alguns importantes títulos. Primeiro o Pernambucano, pelo Sport, em 2000. Pelo Santos faturou o Brasileiro de 2000 e a Conmebrol dois anos antes.

Também foi campeão paulista pelo São Paulo, em 2005. Teve uma passagem à frente da seleção brasileira entre 2000 e 2001.

O Palmeiras que conquistou o título paulista em 1976. Em pé, da esquerda para a direita: Valdir, Emerson Leão, Arouca, Pires, Samuel e Ricardo. Agachados: Edu Bala, Jorge Mendonça, Toninho, Ademir da Guia e Nei. Foto: Revista oficial do Palmeiras

 

Entre suas duas passagens pelo Palmeiras, Leão defendeu as metas de Vasco, Grêmio e Corinthians. e apenas no clube carioca não levantou nenhuma taça. Pelo Grêmio, conquistou o Gaúcho de 1980 e o Brasileiro de 1981, e pelo Corinthians o Paulista de 1983, no auge da chamada "Democracia Corintiana", sistema do qual discordava abertamente.

Leão inovou no uniforme zebrado pelo Corinthians. Na foto, com o hoje jornalista Thomaz Rafael, pouco antes de jogo do Corinthians no Morumbi, em 04 de dezembro de 1983, dia da primeira partida da semifinal contra o Palmeiras pelo Paulistão. Foto: arquivo pessoal de Thomaz Rafael

 

Seu último clube como jogador foi o Sport Club do Recife, o mesmo pelo qual iniciou sua carreira de treinador, em 1987.

Leão foi titular em duas copas do mundo (1974 e 1978). Em um grande momento de sua carreira, 1982, foi deixado de lado por Telê Santana para a Copa da Espanha, ocasião em que o treinador mineiro levou Waldir Peres, Paulo Sérgio e Carlos. Em 1986, tentando redimir-se de seu erro na Copa anterior, Telê convocou Leão, mas como terceiro goleiro. Além dele foram convocados Carlos e Paulo Victor (primeiro reserva).

Como treinador, Leão comandou muitas equipes, cerca de 30, com destaque para suas passgens pelo Santos (onde conquistou o Brasileiro de 2002 e a Conmebol de 1998), Atlético-MG (Conmebol de 1997) e São Paulo (Paulista de 2005), além de triunfos no futebol japonês, por Verdy Kawasaki e Shimizu S-Pulse.

Treinador do São Paulo, em 02 de novembro de 2011. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

No SuperTécnico da Band, programa que foi um divisor de águas no debate futebolístico brasileiro entre 1999 e 2001. Da esquerda para a direita, Leão, Zagallo, Milton Neves, Zico, Nereide Nogueira e Humberto Ramos. Foto: Portal TT

 

Ronaldo, Ulisses Costa, Roger Machado, Milton Neves e Emerson Leão em 19 de maio de 2019, durante o 3º Tempo da Band. Foto: Reprodução

 

No festivo jogo de inauguração da Arena Corinthians, em 10 de maio de 2014. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

Emerson Leão ao lado do casal Sonia Almeida e Marcos, na festa de inauguração da Clínica São Marcos, em 03 de outubro de 2011. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 ABAIXO, AMPLA GALERIA DE FOTOS



Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    26
  • 2 San
    23
  • 3 Fla
    20
  • 4 Atl
    19
  • 5 Int
    16
  • Veja tabela completa