O goleiro recebeu homenagens dos dois lados, pois também já virou ídolo do Fortaleza

O goleiro recebeu homenagens dos dois lados, pois também já virou ídolo do Fortaleza

Do UOL, em São Paulo (SP)

O São Paulo venceu o Fortaleza por 1 a 0, hoje, na Arena Castelão, em Fortaleza, em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, com gol marcado pelo meia Hernanes aos 31 minutos do segundo tempo. A partida marcou o primeiro encontro de Rogério Ceni com o tricolor paulista desde que o ex-goleiro deixou o clube em julho de 2017. Ceni foi goleiro do São Paulo por 25 anos e três meses, além de oito meses como técnico.

O goleiro recebeu homenagens dos dois lados, pois também já virou ídolo do Fortaleza após os títulos do Campeonato Brasileiro da Série B em 2018 e do Campeonato Ceaerense deste ano.
O melhor: Hudson brilha com assistência e versatilidade

O volante Hudson foi o melhor jogador da partida. Além da eficiência na marcação, o volante brilhou com a assistência para o gol de Hernanes, que garantiu a vitória. Além disso, ele quebrou o galho na lateral após Hernanes entrar na vaga de Ygor Vinicius no segundo tempo.
O pior: Vitor Bueno erra tudo

O meia Vitor Bueno, que entrou no lugar de Liziero, lesionado, conseguiu errar tudo durante os minutos em que ficou em campo. Ele não conseguiu armar os contra-ataques e errou muitos passes.
Torcida do Fortaleza faz mosaico para homenagear Ceni

A torcida do Fortaleza fez uma grande festa no primeiro encontro de seu treinador, Rogério Ceni, com o seu ex-clube, o São Paulo, onde brilhou como goleiro. Eles fizeram mosaico com a imagem do técnico e outro escrito "gratidão". A torcida do São Paulo também abriu seu tradicional bandeirão em homenagem ao seu principal ídolo.
Hernanes faz gol com bela assistência de Hudson

Hernanes fez o gol da vitória do São Paulo aos 31 minutos do segundo tempo após bela assistência de Hudson. O volante recebeu a bola, invadiu a área pelo lado direito e chutou forte, sua principal característica, para abrir o placar.
Cuca melhora São Paulo com entrada de Hernanes

Cuca melhorou e muito o São Paulo na volta do intervalo com a entrada de Hernanes no lugar de Ygor Vinicius. Em uma substituição, o treinador resolveu dois problemas: armação de jogadas do time, que não existiu na primeira etapa, além de reforçar a marcação em Marcinho, melhor jogador do Fortaleza no primeiro tempo e que venceu a maioria dos duelos contra Ygor Vinicius. Na segunda etapa, Hudson e Tchê Tchê fizeram a função.
Marcinho x Volpi

O atacante Marcinho, do Fortaleza, travou duelo contra o goleiro Tiago Volpi, no duelo de hoje. Somente no primeiro tempo, Volpi foi obrigado a fazer duas boas defesas. A primeira foi a melhor delas. Marcinho saiu na "cara" do gol, livre, finalizou rasteiro, mas Volpi desviou de raspão, o suficiente para evitar o gol.
Cuca aposta em três volantes e deixa time recuado no 1º tempo

O técnico Cuca apostou em Hudson, Tchê Tchê e Liziero para jogar com o meio campo reforçado no Castelão. O tricolor paulista teve uma postura mais defensiva no primeiro tempo e, por isso, o Fortaleza pressionou mais e criou as melhores chances de gol. Na segunda etapa, o treinador corrigiu o erro e deixou o time mais ofensivo.

Foto: Stephan Eilert/AGIF (via UOL)

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    64
  • 2 Pal
    54
  • 3 San
    51
  • 4 São
    46
  • 5 Cor
    44
  • Veja tabela completa