O camisa 10 mais famoso da história do Cruzeiro não foi à Copa de 70. Foto: Divulgação

O camisa 10 mais famoso da história do Cruzeiro não foi à Copa de 70. Foto: Divulgação

Um dos mais talentosos meias de sua geração, Dirceu Lopes completa 75 anos nesta sexta-feira (3). 

O camisa 10 mais famoso da história do Cruzeiro Esporte Clube, agremiação pela qual conquistou, entre outros, o título da Copa Libertadores de 1976, iniciou sua carreira pelo time celeste de Belo Horizonte em 1964, permanecendo até 1977, ano em que se transferiu para o Fluminense, permanecendo no clube das Laranjeiras apenas naquele ano.

De volta a Minas Gerais, Dirceu Lopes vestiu a camisa do Uberlândia, entre 1978 e 1980, ano em que encerrou sua carreira.

Meia-equerda de rara técnica, Dirceu Lopes acabou ficando de fora da lista definitiva de Zagallo para a Copa do México de 1970. O então treinador alegou seu "corte" por considerar que havia outros jogadores com as mesmas características do baixinho de São Leopondo (região metropolitana de Belo Horizonte), nascido em 3 de setembro de 1946.

CLIQUE AQUI E VEJA A PÁGINA DE DIRCEU LOPES NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?"

O Cruzeiro no Mineirão. Em pé, da esquerda para a direita, Darci Meneses, Mariano, Moraes, Raul, Wilson Piazza e Vanderlei. Agachados: Eduardo Amorim, Zé Carlos, Ronaldo, Dirceu Lopes e Joãozinho. A foto, de Guinaldo Nicolaevsky, saiu na revista Placar em 1977

No vagão refeitório, o Cruzeiro indo de trem para a região centro-oeste brasileira na década de 60. Da esquerda para a direita estão Piazza, Dirceu Lopes e Tostão

Descontração durante treino da seleção brasileira na preparação para a Copa de 70. Em pé, Rivelino, Paulo Cézar Caju e Edu. Pelé observa a bola no pé de Rivellino e Dirceu Lopes, à direita, fez um gorro com sua camisa de treino

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa