Os cariocas venceram a partida por 1 a 0, em Curitiba. (Foto: Fluminense)

Os cariocas venceram a partida por 1 a 0, em Curitiba. (Foto: Fluminense)

Na Arena da Baixada, em Curitiba, o Fluminense derrotou o Athletico por 1 a 0.  Aguilar foi o autor do gol (contra) que deu a vitória aos visitantes. Mas, o principal destaque do duelo ficou com o goleiro Muriel que fez duas grandes defesas na reta final do jogo.

O Fluminense chegou a abrir o placar no 1º tempo, quando Digão cobrou falta e Luccas Claro aproveitou o rebote para mandar a bola para o fundo da rede. Porém, o VAR foi acionado e identificou uma falta no primeiro lance que deu origem ao feito, anulando o gol. Aos 37 do 1º tempo, Michel Araújo marcou o dele e "reabriu" o placar na Arena. Novamente o VAR foi decisivo e invalidou o gol, já que Luccas Claro estava impedido. Ainda no finalzinho da 1ª etapa de jogo, o marcador foi inaugurado oficialmente. Uma bola enfiada de Michel Araújo acabou atrapalhando Aguilar que mandou contra o próprio gol.

Na volta do intervalo, o marcador permaneceu intacto e o Fluminense venceu o Athletico por 1 a 0. Não sem antes o Furacão pressionar a meta adversária nos instantes finais de jogo e arqueiro Muriel fazer duas grandes defesas milagrosas, salvando o Flu.

Com o resultado, os cariocas chegaram a 7 pontos no Campeonato Brasileiro. O próximo confronto do Fluminense será pela Copa do Brasil. O compromisso contra o Figueirense, inclusive, fez com que Odair Hellmann poupasse quatro titulares no jogo desse sábado (22).

Do outro lado, os paranaenses amargaram a terceira derrota consecutiva no Brasileirão. Na próxima rodada o Rubro-Negro enfrenta o São Paulo, tentando pôr um ponto final nessa má fase.

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO 0 x 1 FLUMINENSE

Árbitro: Daniel Nobre Bins (RS)

Auxiliares: José Eduardo Calza (RS) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)

VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Cartões amarelo: Ganso, Wellington Silva e Digão (FLU). Leo Cittadini, Wellington, Aguilar (CAP)

Gols: Aguilar (contra), aos 48min do 1º tempo

ATHLETICO-PR: Santos; Khellven, Felipe Aguilar, Pedro Henrique e Marcio Azevedo (Abner); Wellington, Richard (Lucho González) e Léo Cittadini; Marquinhos Gabriel (Pedrinho), Vinicius Mingontti (Walter) e Vitinho. Técnico: Lucas Silvestre (auxiliar)

FLUMINENSE: Muriel; Calegari, Luccas Claro, Digão e Egídio; Yuri (Yago), Dodi, Ganso; Michel Araújo, Luiz Henrique (Wellington Silva) e Marcos Paulo (Caio Paulista). Técnico: Odair Hellmann

(Foto: Mailson Santana/FFC)

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Int
    12
  • 2 Vas
    10
  • 3 Atl
    9
  • 4 São
    10
  • 5 Pal
    8
  • Veja tabela completa