O ex-jogador do Palmeiras foi o treinador da seleção durante parte das eliminatórias sul-americanas

O ex-jogador do Palmeiras foi o treinador da seleção durante parte das eliminatórias sul-americanas

José Ricardo Leite e Vanderlei Lima

Do UOL, em São Paulo

O polêmico ex-goleiro Chilavert sempre fez de suas declarações uma metralhadora de críticas. Agora sobrou para o ex-companheiro de seleção paraguaia Javier Arce, a quem classifica como despreparado e o principal culpado pela ausência do Paraguai da Copa do Mundo de 2014.

O ex-jogador do Palmeiras foi o treinador da seleção durante parte das eliminatórias sul-americanas, em que o time foi um fiasco e ficou na última colocação, atrás até da Bolívia. Chilavert não perdoou e disse que o ex-companheiro não tem estilo próprio e tenta copiar Felipão.

"Os dirigentes da seleção paraguaia se equivocaram na contratação do Arce como treinador. Ele queria jogar como os brasileiros jogam. Arce foi o grande culpado pela eliminação do Paraguai. Ele não tinha capacidade para estar à frente da seleção. Agora está no Cerro Porteño e na primeira partida da Libertadores, contra um time colombiano, já perdeu e demonstrou não ter capacidade", disse o ex-goleiro ao UOL Esporte.

"O Arce quer copiar o estilo do Felipão, e o só o Felipão tem esse jeito, não dá pra fazer igual porque o Arce não tem capacidade. Tem que trabalhar sem copiar os outros pra poder crescer", continuou.

Chilavert e Arce jogaram juntos na seleção do Paraguai que disputou as Copas do Mundo de 1998 e 2002, e nas duas oportunidades a equipe parou nas oitavas de final. Desde aqueles tempos nunca foram próximos.

Foto: UOL

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa