Treinador disse não querer manchar sua bonita história no clube. Foto: Paulo Pinto/saopaulofc.net

Treinador disse não querer manchar sua bonita história no clube. Foto: Paulo Pinto/saopaulofc.net

O técnico Rogério Ceni voltou a deixar em aberto seu futuro no São Paulo. Após derrota para o América-MG, na noite da última quinta-feira (9), em jogo que marcou a despedida do Tricolor no Brasileirão, o treinador afirmou que sua permanência no clube dependerá da chegada de reforços e que se preocupa em manchar a bonita história que tem no Morumbi.

“Sobre material humano, temos bons jogadores em determinadas posições, faltam outros jogadores para complementar o tipo de elenco que a gente tem, na minha modesta opinião. Decisão de ficar ou não depende muito disso, porque não posso jogar uma história de 26 anos fora se não enxergar que temos condições de ser melhores do que fomos neste ano”, disse Ceni.

“É momento de conversar e vamos fazer isso para ver o que é possível mudar, ver o que o clube tem como meta. Para mim é um prazer estar no São Paulo, mas tenho uma história aqui dentro e qualquer coisa de ruim que aconteça tem um peso muito grande para mim. Este é o único problema que existe. Não é falta de vontade, de querer trabalhar. Eu me importo, e talvez por me importar tanto pelo clube que acabo refletindo mais do que uma vez para ver qual a real possibilidade para 2022”, completou.

Com o futuro indefinido, Rogério deve se reunir com a diretoria são-paulina nesta sexta-feira (10) para discutir os próximos passos. O treinador já apresentou alguns nomes de atletas que o interessa para a cúpula tricolor.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa