O piloto, adorado pelos ferraristas, teve atuações marcantes, como no GP do Canadá em 1981. Foto: Reprodução

O piloto, adorado pelos ferraristas, teve atuações marcantes, como no GP do Canadá em 1981. Foto: Reprodução

Não fosse o trágico acidente durante o treino de classificação para o GP da Bélgica de 1982, no circuito de Zolder, o canadense Gilles Villeneuve completaria 71 anos nesta segunda-feira (18).

Arrojado ao extremo, Gilles venceu seis GPs na Fórmula 1, todos pela Ferrari, equipe que defendeu entre 1978 até 1982, ano de sua morte. O primeiro triunfo foi justamente no Canadá, em 1979, palco de uma de suas atuações mais emblemáticas, dois anos mais tarde, também em Montreal.

Sob intensa chuva e com o bico de sua Ferrari quebrado, Gilles Villeneuve subiu ao pódio em terceiro lugar no Grande Prêmio do Canadá de 1981.

Villeneuve ficou com a visão parcialmente encoberta pelo bico de sua Ferari durante algum tempo, mas conseguiu manter vantagem sobre o quarto colocado, o italiano Bruno Giacomelli, da Alfa Romeo.

Com muita habilidade controlou sua Ferrari-turbo mesmo após o bico se desprender, apesar da pista molhada em Montreal.

A vitória foi do francês Jacques Laffite, com a Ligier-Matra, seguido pelo inglês John Watson (McLaren-Ford), segundo colocado.

Enzo Ferrari ao lado de Gilles Villeneuve em 1981. O Comendador tinha grande carinho pelo piloto canadense. Foto: Divulgação

 

FILHO CAMPEÃO

Se Gilles Villeneuve não conseguiu seu intento em levantar ao menos um título na Fórmula 1, seu filho Jacques Villeneuve alcançou este feito em 1997, pela Williams-Renault, dois anos depois de ter sido campeão da Fórmula Indy e de ter vencido as 500 Milhas de Indianápolis.

Jacques Villeneuve, filho de Gilles, em 5 de agosto de 2011, em Interlagos, preparando-se para treino da Stock Car, no fim de semana da Corrida do Milhão. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

ABAIXO, VÍDEO COM NARRAÇÃO DE LUCIANO DO VALLE E COMENTÁRIOS DE REGINALDO LEME (GLOBO) NAS VOLTAS EM QUE GILLES VILLENEUVE CONDUZIU SUA FERRARI COM O BICO ENCOBRINDO PARCIALMENTE SUA VISÃO, DURANTE AO GP DO CANADÁ DE 1981, EM MONTREAL. ELE SE MANTEVE NA PISTA E TERMINOU EM TERCEIRO LUGAR


  

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa