Em 1974, o arqueiro defendeu o Corinthians. Foto: Divulgação

Em 1974, o arqueiro defendeu o Corinthians. Foto: Divulgação

O saudoso Carlos Adolfo Buttice (1942 - 2018), goleiro que defendeu três equipes brasileiras, o América-RJ (1971), o Bahia (entre 1972 e 1974) e o Corinthians (em 1974), foi o argentino que mais vezes jogou contra Pelé sem nunca ter sofrido um gol do Rei do Futebol.

Enquanto muitos goleiros sofreram com o camisa 10 do Santos e da Seleção Brasileira, Buttice foi um ponto fora da curva nesse quesito.

Foram 15 confrontos de Buttice contra Pelé, em que o bom arqueiro argentino, por várias equipes, jamais buscou uma bola no fundo das redes que tenha sido chutada ou cabeceada pelo camisa 10 mais famoso do mundo.

Buttice, aliás, foi o primeiro jogador argentino a atuar pelo Corinthians, e por pouco não evitou o gol de Ronaldo Drummond (1946 - 2020) na decisão do Campeonato Paulista de 1974 contra o Palmeiras, no Morumbi. Buttice chegou a tocar com a mão esquerda na bola chutada pelo centroavante alviverde.

Apelidado de "Batman", pela impressionante elasticidade que possuía para voos cinematográficos em que encaixava a bola (raramente espalmando), Buttice é até hoje reconhecido como um dos maiores ídolos do San Lorenzo de Almagro, clube argentino que defendeu entre 1966 e 1971. Fez quatro jogos pela seleção argentina, entre 1967 e 1968.

Um goleiro à frente do seu tempo, Buttice tinha grande habilidade com os pés, a ponto de muitas vezes sair jogando como um líbero, característica adotada por um compatriota seu alguns anos mais tarde, o também excelente goleiro Ubaldo Fillol.

Se Buttice passou incólume contra Pelé, curiosamente foi também um goleiro argentino que sofreu o milésimo gol de Pelé, Andrada (1939 - 2019), na noite de 19 de novembro de 1969, na vitória do Santos sobre o Vasco por 2 a 1.

ABAIXO, EM 1987, JÁ APOSENTADO, MAS DEFENDENDO A SELEÇÃO DE MASTERS DA ARGENTINA, BUTTICE TEVE UMA EXCEPCIONAL ATUAÇÃO CONTRA O BRASIL NA COPA PELÉ, EM JOGO DISPUTADO NO PACAEMBU, COM VITÓRIA ARGENTINA POR 1 A 0. VÍDEO DO PROGRAMA "GOL, O GRANDE MOMENTO", COM LOCUÇÃO DE MILTON NEVES

Buttice é cumprimentado por Pelé em 1987, no Pacaembu, na Copa Pelé. Buttice jogou pela equipe master da Argentina contra o Brasil. Pelé não jogou e a Argentina venceu por 1 a 0, com uma excepcional atuação de Buttice. Foto: Reprodução

Em pé: Zé Maria, Buttice, Tião, Brito, Baldochi e Wladimir. Agachados: Vaguinho, Lance, Zé Roberto, Pita e Peri. A foto e a legenda foram retiradas do blog Tardes de Pacaembu


 


Os argentinos Buticce e Héctor Veira jogaram juntos no San Lorenzo de Almagro e no Corinthians. Notem a precariedade do vestiário sem armários, com as roupas penduradas na parede, os meiões frouxos, o cadarço das chuteiras... E Buticce protegia o joelho machucado com um esparadrapo. Foto: Divulgação


O ótimo Buticce gostava de jogar com camisa e meias azuis. Foto: Divulgação


A partida está prestes a começar n final dos anos 60 e Buticce, encosta sua mão esquerda na trave, com a base pintada de vermelho. Foto: Divulgação


Albrecht e Buticce nos anos 60, pelo San Lorenzo de Almagro, da Argentina. Foto: Divulgação


No começo dos anos 70 e em 2010


Durante entrevista ao programa argentino Relaciones Humanas. Reprodução YouTube


O Bahia com uma bela camisa azul. Em pé: Buticce, Odair, Onça, Mário Braga, Baiaco e Paulo Henrique. Agachados: Natal, Amorim, Picolé, Eliseu e Gílson Porto. Foto enviada por Walter Roberto Peres e publicada na Revista Placar


EM PÉ: Zé Maria, Buttice, Tião, Brito, Ademir e Wladimir. AGACHADOS: Vaguinho, Lance, Zé Roberto, Rivellino e Adãozinho


Buticce jogou pelo Bahia entre 1972 e 1974. Em pé, da esquerda para a direita: Buticce, Sapatão, Roberto Rebouças, Altivo, Baiaco e Ubaldo. Agachados: Natal, Douglas, Picolé, Fito e Peri


Veja esse belo time do Bahia de 1973. Em pé, da esquerda para a direita, vemos: Buticce, Roberto Rebouças, Romero, Washington, Baiaco e Ubaldo. Agachados: Natal, Douglas, Picolé, Fito e Peri. A foto é da revista Manchete e nos foi enviada por Walter Roberto Peres, pesquisador de Santos-SP


Buticce defendeu a equipe do Bahia entre 1972 e 1974. Reprodução YouTube


O Bahia de 1972. Em pé, da esquerda para direita: Buttice, Luiz Alberto, Onça, Roberto Rebouças, Elizeu e Paulo Henrique. Agachados: Natal, Sima, João Daniel, Baiaco e Gilson Porto


Marcos Falopa dando aquecimento para jogadores da seleção de estrangeiros que fez dois jogo contra a seleção brasileira, em 1976. Na foto, no antigo Palestra Itália, aparecem o holandês Cruyff e o goleiro argentino Buttice.


Em pé: Buticce, Sergio, Badeco, Alex, Mareco e Zé Carlos. Agachados: o massagista Santana, Tarciso, Tadeu Ricci, Jeremias, Edu e Canhoteiro.


Bela foto de Buticce com a camisa do Corinthians

 
 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa