Treinador comentou após derrota para o Operário-PR. Foto: Reprodução/TV Vasco

Treinador comentou após derrota para o Operário-PR. Foto: Reprodução/TV Vasco

O técnico Lisca falou logo após a derrota do Vasco diante do Operário-PR em Ponta Grossa na noite do último sábado (21) por 2 a 0, gols de Marcelo e Paulo Sérgio, resultado que mantém, por enquanto, a equipe na 11ª colocação do Campeonato Brasileiro da Série B, com 28 pontos. 

Estamos com muita indignação por tudo o que está acontecendo, e a segurança que eu posso dar ao torcedor e à diretoria é que eu vou trabalhar mais ainda. Precisamos reforçar o nosso grupo e o meu trabalho também", comentou Lisca.

"Tenho uma avaliação bem fidedigna do que precisamos e vou fazer as colocações. Preciso dessas soluções. Se não for viável, quando eu sinto que não posso, sou primeiro a falar. Trabalhei 30 anos para estar aqui e preciso de algumas coisas e situações. Isso que vou colocar para o Pássaro e o presidente. Espero que eles entendam, comentou o treinador vascaíno, que deixou no ar a questão que a diretoria pode resolver futuramente.

"Se acharem (a diretoria) que não, vamos pensar no que é melhor para o Vasco. Temos que pensar no Vasco. E é isso que vou fazer a partir de amanhã (domingo), me doar ainda mais. Não posso reclamar dos jogadores, da entrega, mas não estamos conseguindo praticar. A fase não é boa, a bola não está entrando. Tivemos bola na trave, defesa milagrosa, tantas situações. Mas isso não adianta, estatística não resolve", finalizou Lisca.

O próximo confronto do Cruzmaltino será diante da Ponte Preta no domingo (29) em São Januário, a partir das 16h, jogo válido pela 21ª rodada do certame que tem o Coritiba na liderança, com 39 pontos.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa