Terceiro técnico do Vozão no ano, Adilson deixa a equipe na 16ª posição. Foto: Twitter/Divulgação

Terceiro técnico do Vozão no ano, Adilson deixa a equipe na 16ª posição. Foto: Twitter/Divulgação

Após derrota por goleada sofrida diante do Flamengo na noite desta quarta-feira (27), o Ceará demitiu o técnico Adilson Batista. Após treze jogos, o treinador deixa a equipe na 16ª posição com 37 pontos somados.

Adilson chegou ao Vozão no início de outubro, substituindo Enderson Moreira, com a missão de manter a equipe na primeira divisão. A estabilidade esperada não veio e o treinador não resistiu ao revés sofrido de virada diante do campeão brasileiro no Maracanã.

O comandante foi o terceiro técnico do time no ano e sai do clube com aproveitamento de 35,9%, 4 vitória, 2 empates e 7 derrotas.

Para a reta final do Brasileirão, três nomes são cogitados no Vozão: Lisca, Sergio Alves e Fábio Capone. Restando três jogos para ser disputados o Ceará pode entrar na zona de rebaixamento ainda nesta quinta-feira (28), caso o Cruzeiro vença o CSA no Mineirão. A equipe alvinegra terá pela frente ainda o Athletico Paranaense no Castelão, o Corinthians, também no Castelão, e fecha o campeonato diante do Botafogo, no Rio de Janeiro.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa