Cássio não descartou deixar o Corinthians após derrota para o Flamengo. Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Cássio não descartou deixar o Corinthians após derrota para o Flamengo. Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Muito pressionado e alvo de críticas por parte da torcida, o goleiro Cássio vive um dos seus momentos mais complicados no Corinthians. As palavras fortes dos camisa 12 alvinegro após a derrota por 5 a 1 do Timão diante do Flamengo no último domingo (18), mostraram a chateação do goleiro com a forma como tem sido responsabilizado pela fase do time e levantou a possibilidade de deixar o clube.

Em entrevista ao UOL Esporte, o presidente corintiano, Andrés Sanchez, descartou qualquer chance de Cássio deixar o time do Parque São Jorge e defendeu o goleiro, destacando que o camisa 12 está sofrendo mais do que outro grande ídolo histórico do Corinthians.

Segundo Andrés, Cássio está sendo mais injustiçado que Rivellino e descartou a possibilidade de cometer com o goleiro o mesmo erro que os dirigentes alvinegros cometeram com o ex-camisa 10 no passado.

Rivellino deixou o Corinthians em 1974 pressionado pela falta de títulos no clube, que já superava vinte anos. Apontado como culpado pelos insucessos do Corinthians na época, Riva foi negociado com o Fluminense na época.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa