Participação do Timão começou em confronto diante do Inter, no Morumbi. Foto: Reprodução

Participação do Timão começou em confronto diante do Inter, no Morumbi. Foto: Reprodução

Há exatamente 45 anos, diante do Internacional, o Corinthians fazia sua estreia na Taça Libertadores da América, torneio que à época tinha uma relevância bem menor do que tem hoje, sobretudo para o Alvinegro, que entrava em seu 23º ano sem títulos e buscava, antes de mais nada, ganhar o Campeonato Paulista.

Apenas três clubes brasileiros se classificaram para disputa do certame em 1977, o Internacional e o Corinthians, campeão e vice do Brasileirão do ano anterior, respectivamente, e o Cruzeiro, que havia conquistado a Libertadores em 1976.

EMPATE NO MORUMBI

E a estreia corintiana na Libertadores aconteceu justamente diante do Inter, seu adversário na final do Brasileirão, em partida realizada no Morumbi em 03 de abril de 1977, um domingo à tarde.

Zé Maria foi o autor do primeiro gol da partida, primeiro da história corintiana na Libertadores, aos 15 minutos do primeiro tempo. O lateral-direito, jogando com a camisa 4, tabelou com Palhinha e entrou na grande área como um atacante, surpreendendo a defesa colorada, driblando o goleiro Manga.

Na etapa final, aos 11 minutos, o saudoso lateral-esquerdo Vacaria (1949-2016) acertou um chute espetacular no ângulo esquerdo da meta do também falecido Jairo (1946-2019), que fazia sua estreia pelo Timão, vindo do Coritiba. A negociação envolveu o meia-atacante Adilson Miranda (1950-1980), que deixou o Alvinegro e foi para o Coxa.

CAMPANHA RUIM DO TIMÃO...

A primeira participação corintiana na Libertadores foi ruim. Depois do bom empate diante do campeão brasileiro, três derrotas fora de casa, para duas equipes equatorianas,  o Nacional e Deportivo Cuenca, ambas por 2 a 1 e para o Inter, esta por 1 a 0.

Depois, nas duas partidas restantes, no Pacaembu, vitórias corintianas: 3 a 0 contra o Nacional (gols de Cláudio Mineiro, Palhinha e contra de Perez) e 4 a 0 sobre o Deportivo Cuenca, gols de Vaguinho, Palhinha, Romeu e Givanildo.

O Corinthians terminou a primeira fase em terceiro lugar, atrás do Inter e do Nacional.

O Boca Juniors foi o campeão da Libertadores de 1977, na disputa final diante do Cruzeiro.

REDENÇÃO NO CAMPEONATO PAULISTA...

Se a Libertadores de 1977 teve um gosto amargo para o Corinthians, finalmente o grito de campeão pôde ser extravasado da garganta da torcida, com o título conquistado diante da Ponte Preta, em 13 de outubro.

ABAIXO, CORINTHIANS X INTER EM 3 DE ABRIL DE 1977, NO MORUMBI, COM A ENTRADA DAS EQUIPES EM CAMPO, MILTON NEVES APRESENTANDO JOGADOR POR JOGADOR DURANTE O HINO E OS DOIS GOLS DA PARTIDA

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

CORINTHIANS 1 X 1 INTERNACIONAL

Data: 3 DE ABRIL DE 1977

Gols: Zé Mária (15 minutos do primeiro tempo) e Vacaria (11 minutos do segundo tempo).

Estádio: Morumbi

Público: 88.974

Renda: Cr$ 5.492.270,00

Árbitro: Ramón Barreto (Uruguai)

Corinthians: Jairo, Zé Maria, Moisés, Zé Eduardo e Wladimir. Givanildo (Russo), Basílio (Lance) e Palhinha. Vaguinho, Geraldão e Edu. Técnico: Oswaldo Brandão.

Internacional: Manga, Cláudio Duarte, Marião, Hermínio e Vacaria. Caçapava, Batista e Falcão. Valdomiro, Dario e Pedrinho Gaúcho. Técnico: Carlos Castilho.

Fonte da ficha técnica: Almanaque do Timão, de Celso Unzelte

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa