Ataliba foi um dos destaques do time da Mooca no Pacaembu. Foto: Reprodução

Ataliba foi um dos destaques do time da Mooca no Pacaembu. Foto: Reprodução

O Juventus, simpático clube da capital paulista do bairro da Mooca, formou boas equipes de futebol ao longo de sua bela história.

E, por muitas vezes, dificultou a vida dos grandes clubes, principalmente o Corinthians. 

Exemplo disso aconteceu há exatos 43 anos, em 10 de maio de 1979, ocasião em que o time grená, então dirigido por Brida, venceu o Corinthians de José Teixeira por 3 a 2, de virada, no Pacaembu, partida válida pelo Campeonato Paulista.

Sócrates, de cabeça, abriu o placar para o Alvinegro no primeiro tempo. Jogando com a camisa 9, o craque golpeou no canto esquerdo da meta de Armando Colonezzi.

O segundo gol, ainda na primeira etapa, foi de Basilio. Vaguinho, que estava em noite inspirada, tocou de cabeça e o defensor juventino salvou na linha, mas Basilio, também de cabeça, aproveitou o rebote para fazer 2 a 0.

Logo no começo do segundo tempo, Ataliba, que de tantas que aprontou para cima do Timão ao longo de vários anos acabou mais tarde contratado pelo time de Parque São Jorge, aproveitou um vacilo da defesa corintiana e marcou o primeiro gol do time grená.

Não demorou para o atacante Luciano empatar e em seguida marcar o tento da virada, fazendo Juventus 3 x 2 Corinthians. Biro-Biro chegou a fazer mais um gol para o Corinthians, mas o árbitro Almir Laguna alegou impedimento do pernambucano, em lance controverso.

Aliás, falando em lance controverso, ainda na primeira etapa o atacante Ataliba sofreu pênalti claro do saudoso quarto-zagueiro Zé Eduardo, mas a infração não foi marcada.

ABAIXO, COM NARRAÇÃO DE JOSÉ CARLOS CICARELLI E COMENTÁRIOS DE GERSON DE ARAÚJO PELA TV CULTURA (SP), CORINTHIANS 2 X 3 JUVENTUS, EM 10 DE MAIO DE 1979, NO PACAEMBU.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa