Partida aconteceu em uma cidade do interior do Rio de Janeiro. Foto: NetVasco

Partida aconteceu em uma cidade do interior do Rio de Janeiro. Foto: NetVasco

Garrincha (1933-1983), maior ídolo da história do Botafogo de Futebol e Regatas, clube que defendeu por 12 anos, entre 1953 e 1965, teve uma única experiência em campo vestindo a camisa do Vasco da Gama, em 1967, em um amistoso contra a seleção da cidade de Cordeiro-RJ.

POR QUE GARRINCHA NO VASCO?

Depois de passar pelo Corinthians, onde atuou por 13 partidas (com dez gols marcados), Garrincha seguia vivendo seu drama físico, por conta das seguidas lesões, sobretudo nos joelhos.

Assim, sem maiores perspectivas no Alvinegro de Parque São Jorge, que vivia um jejum de títulos desde 1954, o clube paulista acenou inclusive com a possibilidade de ceder Garrincha de graça para o Vasco, o que de fato aconteceu, mas por um único jogo.

O JOGO

Garrincha, que estava com 33 anos, deveria estrear em uma partida oficial pelo cruzmaltino na abertura da Taça Guanabara de 1967, mas um amistoso foi marcado antes, contra o selecionado da cidade de Cordeiro, distante cerca de 190 quilômetros da capital fluminense.

Na véspera da partida, Garrincha sofreu uma nova contusão, mas ainda assim foi para campo e marcou um dos gols na vitória do Vasco por 6 a 1, aos 20 minutos da etapa final, o quinto gol de sua equipe, em 20 de julho de 1967 no acanhado estádio da cidade.

Os outros gols da equipe vascaína, dirigida por Gentil Cardoso, foram feitos por Bianchini (três), Valfrido e Zezinho. O gol de honra da equipe local foi de Milano.

O VASCO QUE JOGOU CONTRA A SELEÇÃO DE CORDEIRO-RJ

Édson Borracha (Celso); Djalma, Ivan (Joel), Álvaro e Almir; Paulo Dias e Ésio; Garrincha, Bianchini (Sílvio), Zezinho (Valfrido) e Okada (William). Técnico: Gentil Cardoso.

DEPOIS DO VASCO...

Após a efêmera passagem por São Januário, Garrincha ainda defendeu outras cinco equipes: Portuguesa Santista, Atlético Júnior (Colômbia), Flamengo, Red Star 93 (França) e Olaria, além de ter feito algumas partidas pela equipe de veteranos do Milionários, em exibições por diversas cidades brasileiras.

Garrincha morreu em 20 de janeiro de 1983, aos 49 anos, em decorrência de cirrose hepática, provacada por alcoolismo.

Paulo Dias, Garrincha e Almir em 20 de julho de 1967, antes da única partida que Garrincha disputou pelo Vasco da Gama. Foto: NetVasco

 

 

Equipe do Vasco com Garrincha na ponta-direita para enfrentar o selecionado  da cidade carioca de Cordeiro. Foto: NetVasco

 

O primeiro é um jogador do selecionado de Cordeiro. Depois, Garrincha e autoridades locais. O outro vascaíno é Bianchini, autor de três gols na partida. Foto: NetVasco

 

CLIQUE AQUI E VEJA A PÁGINA DE GARRINCHA NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?"

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    39
  • 2 San
    37
  • 3 Pal
    36
  • 4 Cor
    32
  • 5 São
    31
  • Veja tabela completa