Treinador falou sobre a vitória que classificou o Brasil na Copa América. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Treinador falou sobre a vitória que classificou o Brasil na Copa América. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O técnico Tite explicou a dinâmica do jogo em que o Brasil derrotou o Chile por 1 a 0 pelas quartas de final da Copa América, realizado na noite da última sexta-feira (2) no Estádio Nilton Santos (RJ). A seleção enfrentou uma adversidade logo após ter aberto o placar com Lucas Paquetá, quando Gabriel Jesus foi expulso.

"Um dos nossos objetivos é antecipar situações de jogo. A gente antecipa estar com um a menos. Não que queiramos isso, mas às vezes por um acidente, como expulsão", comentou Tite.

"Como estávamos com o placar à frente, abrimos os dois externos deixando o Neymar em uma situação mais avançada. Tem de marcar mais baixo. São as duas equipes com mais posse, mais trocas de passe, mais propositivas, mais jogos. Aí ficamos com situação mais atrasada, controlando o Chile e procurando contra-ataque, tanto que tivemos mais finalizações nesse período mesmo tendo menos a bola", avaliou o técnico, que agora prepara a equipe para o próximo confronto, na semifinal, agora diante do Peru, que acontece na segunda-feira (5), novamente no Rio de Janeiro, no Estádio Nilton Santos. O Peru se credenciou para jogar contra o Brasil após superar o Paraguai nos pênaltis após empate em 3 a 3.

Os outros semifinalistas serão definidos em dois confrontos, ambos nestes sábado (3): Uruguai x Colômbia e Argentina x Equador.

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa