Coudet destacou não sentir confiança na direção do Inter. Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Coudet destacou não sentir confiança na direção do Inter. Foto: Ricardo Duarte/Internacional

A saída de Eduardo Coudet do Internacional pegou muita gente de surpresa. O clima no Colorado, porém, não parecia bom para o técnico argentino que pediu demissão do cargo. Em contato com a repórter Bibiana Bolson, dos canais ESPN, o ex-treinador colorado explicou sua saída e negou que esteja acertado com o Celta de Vigo, da Espanha.

“Estou num ambiente que é incomodo e que não sinto confiança nas lideranças que hoje ocupam o Internacional. Não senti a liderança do presidente, não senti a liderança de quem eventualmente vai assumir o Internacional depois das eleições”, disse Coudet segundo a repórter da ESPN, que destacou o ambiente político do Inter como um dos principais fatores para o adeus do técnico.

Ao longo da última segunda-feira (9), nas horas que antecederam a saída oficial de Coudet, noticiou-se, no Brasil e na Espanha, o acerto do argentino com o Celta. Coudet não negou ter proposta do time de Vigo, mas afirmou que não negociou em nenhum momento com nenhuma outra equipe enquanto esteve no Inter.

“Vou dormir com a cabeça tranquila porque nunca negociei com ninguém por opiniões favoráveis. A verdade sempre aparece no futebol”, relatou Coudet segundo Bebiana.

Eduardo Coudet deixa o Internacional na liderança do Campeonato Brasileiro com 36 pontos. O Colorado também avançou para as oitavas de final da Libertadores sob o comando do técnico que será substituído por Abel Braga. Ainda segundo Bibiana Bolson, Coudet também mencionou incômodo com a imprensa brasileira, alegando nunca foi tão criticado mesmo estando na frente dos campeonatos em que disputa.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa