Paranaense imprimiu ritmo forte em Interlagos. Foto: José Mário Dias/Divulgação

Paranaense imprimiu ritmo forte em Interlagos. Foto: José Mário Dias/Divulgação

O paranaense Ricardo Zonta (RCM Motorsport), de 44 anos, venceu neste domingo (23) a Corrida do Milhão, 12ª edição da prova mais emblemática da Stock Car.

Neste ano, a Corrida do Milhão não premia o vencedor com o cheque milionário, uma vez que o valor será destinado ao combate da pandemia do novo coronarírus, com distribuição de EPIs, medicamentos e cestas básicas.

Foi a segunda vez que Zonta, que largou em terceiro, ganhou a Corrida do Milhão, feito que ele conquistou na mesma pista de Interlagos em 2013. 

Diferente do que aconteceu na corrida de ontem, vencida por Nelsinho Piquet, a Corrida do Milhão teve pista seca e Zonta teve um desempenho consistente, e superou o pole Cesar Ramos após a parada obrigatória para troca de pneus. Ramos, que largou na pole, terminou na segunda posição, mesmo lugar que conseguiu ontem, também após largar em primeiro. O pódio foi completado por Denis Navarro (Cavaleiro Sports).

Rubens Barrichello (Full Time Sports) foi um dos destaques da prova. O vencedor da Corrida do Milhão em duas edições (2014 e 2018), teve problemas na classificação e largou apenas em 22º, mas recebeu a bandeira quadriculada em quarto lugar, seguido por outro vencedor da prova em duas ocasiões (Ricardo Maurício, da Eurofarma RC, que ganhou em 2010 e 2019). Ele partiu do 21º posto para concluir em quinto. O top-6 foi fechado por Thiago Camilo (Ipiranga Racing).

Nelsinho Piquet (Full Time Bassani), que ontem venceu pela primeira vez, naquela que foi a 3ª etapa do campeonato, enfrentou problemas de câmbio e abandonou a quatro voltas para o final.

CAMPEONATO

Ricardo Zonta, com mais esta vitória (ele também ganhou a corrida 1 na etapa de abertura, em Goiânia), chega a 82 pontos e se isola na liderança do campeonato. Cesar Ramos, com 78 pontos, está em segundo lugar. Rubens Barrichello soma 71 e está em terceiro. Ricardo Mauricio está em quarto com 64 e Nelsinho Piquet é o quinto, somando 50 pontos. Neste ano, que contempla novas regras, os três piores resultados antes da etapa final (que terá pontuação dobrada) serão descartados para todos os competidores.

O calendário restante da Stock não está definido, em razão da pandemia. De qualquer forma, a próxima data agendada é 13 de setembro, em Londrina (PR).

A PROVA

Na largada, o pole Cesr Ramos manteve-se em primeiro e Zonta superou Matias Rossi para subir ao segundo lugar. Ausência de Daniel Serra no grid, que teve problema de câmbio (segunda marcha).

Na segunda volta, Zonta ultrapassou Rossi e começou a se aproximar de Ramos, mas escapou e perdeu contato com o gaúcho.

Os seis primeiros na terceira volta: Ramos, Rossi, Zonta, Camilo, Khodair e Piquet.

A janela de pit-stop obrigatório (para pelo menos um pneu) estava programada entre os giros 8 e 13.

Anunciada punição a Matias Rossi (drive-through) pois os mecânicos tiveram que mexer em seu carro antes da largada, por conta de um problema de câmbio. Ele cumpriu sua penalização na volta 5, trafegando a 60 km/h pelo pit-lane. Depois, ainda sofreu com um toque em Pedro Cardoso (R. Mattheis Motorsport) e terminou em 21º.

Parada de Ramos na volta 9. Troca do pneu traseiro direito e reabastecimento para o piloto gaúcho, que teve um trabalho de box ruim.

Com pista livre, Zonta fazia boas voltas, inclusive utilizando o botão de ultrapassagem (ganho de 80 cavalos) para tentar ganhar a posição de Cesar Ramos após sua parada, que aconteceu na volta 10. Zonta conseguiu subir à liderança e abrir boa vantagem, para completar a prova com tranquilidade na liderança, vencendo com pouco mais de 6 segundos de vantagem para Cesar Ramos e quase 10 segundoa para Denis Navarro, que completou o pódio em terceiro.

Grande progressão de Rubens Barrichello na prova. O piloto da Full Time Sports teve problemas na classificação e largou da penúltima fila, mas conseguiu escalar o pelotão para terminar em quarto lugar.

Outro que também ganhou muitas posições foi Ricardo Mauricio (Eurofarma RC). O bicampeão largou em 21º e terminou em quinto.

CLASSIFICAÇÃO FINAL DA CORRIDA DO MILHÃO (STOCK CAR) - INTERLAGOS

 

CLASSIFICAÇÃO COMPLETA DO CAMPEONATO, APÓS TRÊS ETAPAS (QUATRO CORRIDAS)


      

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOUTUBE 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa