Defensor que passou também pelo Santos deixa o futebol aos 34 anos. Foto: Sirli Freitas / Chapecoense

Defensor que passou também pelo Santos deixa o futebol aos 34 anos. Foto: Sirli Freitas / Chapecoense

O zagueiro Neto, da Chapecoense, anunciou sua aposentadoria do futebol nesta sexta-feira (13). Sobrevivente da tragédia com o voo da Chapecoense em 2016, o defensor de 34 anos pendurou a chuteira oficialmente.

Depois de um longo período de recuperação e luta para voltar aos gramados após o acidente, o zagueiro chegou a treinar com bola, mas preferiu se afastar dos gramados.

Em entrevista ao site globoesporte.com, Neto explicou a opção e destacou que as dores o levaram a tomar a decisão.

“Meu corpo não aguentava mais. As dores eram maiores que o prazer. Conversei com os médicos e logo vai ter um comunicado oficial do clube. Aparentemente, no dia-a-dia não tinha dores, mas nos treinos em alto nível o corpo não aguentava as dores no joelho e na coluna, que foram o que mais me entristeceram no final e me tiraram do campo”, disse o agora ex-zagueiro.

Titular na histórica campanha que levou a Chape até a grande final da Copa Sul-Americana de 2016, Neto foi o último sobrevivente a ser resgatado no acidente com o avião que deixou 71 mortos.

Além da Chapecoense, Neto teve destaque defendendo as equipes do Santos e do Guaraní.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa