Biles faz história no Mundial e Nory é o melhor na barra fixa. (Foto: @ecpinheiros)

Biles faz história no Mundial e Nory é o melhor na barra fixa. (Foto: @ecpinheiros)

A ginasta norte-americana Simone Biles registrou mais uma marca importante na história da ginástica mundial. A atleta se tornou a maior medalhista da modalidade ao vencer, nesse domingo, as finais da trave e do solo do Mundial de Ginástica, em Stuttgart.

No total, Biles chegou a 25 condecorações. Além disso, a quatro vezes campeã olímpica é dona de 19 medalhas de ouro, conquistadas em Mundiais.

No solo, Biles garantiu a vitória com seu "Biles 2", um duplo mortal grupado para trás com tripla pirueta. A complexidade da apresentação é tanta, que mesmo com pequenas falhas de execução a americana garante notas altíssimas. Neste domingo, ela chegou a pisar fora da linha, mas conseguiu a nota 15,133. A brasileira Flávia Saraiva terminou na 4ª colocação.

Na trave, Biles fez uma apresentação impecável e garantiu outro ouro.Nos seis eventos em Stuttgart, Biles subiu no lugar mais alto do pódio cinco vezes.

O Brasil também garantiu uma medalha de ouro nas finais por aparelhos. Na decisão da barra fixa, Arthur Nory foi o melhor, em Stuttgart. A competição serve de preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020.

(Foto: @ecpinheiros)

Você também vai gostar

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa