Pelo Bugre, o saudoso volante conquistou o Brasileiro de 78. Foto: Divulgação

Pelo Bugre, o saudoso volante conquistou o Brasileiro de 78. Foto: Divulgação

Há exatos três anos, na manhã de 12 de junho de 2018, morria o ex-jogador Zé Carlos, aos 73 anos. Ele estava com sua saúde debilitada após sofre um AVC há alguns anos.

Médio-volante extremamente técnico, segundo jogador com mais atuações pela equipe do Cruzeiro, Zé Carlos, mineiro de Juiz de Fora, conquistou diversos títulos pela equipe mineira, entre eles a Taça Libertadores da América de 1976, derrotando o River Plate na final, e nove campeonatos estaduais (1966, 1967, 1968, 1969 1972, 1973, 1974, 1975 e 1977).

Em 1978, no belíssimo time do Guarani de Campinas, comandado pelo também saudoso Carlos Alberto Silva, Zé Carlos ajudou a equipe do interior paulista ao histórico título no Brasileirão, derrotando o Palmeiras. Aliás, único Campeonato Brasileiro de uma equipe do interior do Brasil.

Também atuou pela seleção brasileira, em oito jogos, entre 1968 e 1975, em amistosos.

CLIQUE AQUI E VEJA A PÁGINA DE ZÉ CARLOS NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?"

Da esquerda para a direita, em pé: Zé Carlos, Edson, Mauro, Miranda, Gomes e Neneca. Agachados: Capitão, Renato, Careca, Zenon e Bozó. Foto enviada por Luiz Carlos Ferreira


Em pé: Zé Carlos, Neco, Darci, Pedro Paulo, Procópio e Raul. Agachados: Natal, Evaldo, Tostão, Dirceu Lopes e Rodrigues. Legenda e foto reproduzidas do blog Tardes de Pacaembu


Zé Carlos e Evaldo, em foto de 2013


Conquistou dez títulos de campeão mineiro com a camisa celeste e marcou 83 gols. Imagem: Hall da Fama, Troféu Telê Santana


Vejam a seleção formada por grandes craques que defenderam Ponte Preta e Guarani na década de 70. Em pé, da esquerda para a direita: Carlos, Oscar, Mauro, Polozzi, Zé Carlos e Odirlei. Agachados: Lúcio, Renato Pé Murcho, Careca, Zenon e Tuta


Zé Carlos recebe a camisa azul do Cruzeiro das mãos do então presidente Gilvan Tavares. Foto: VIPCOMM


Enquanto Zé Carlos é chamado para ser homenageado, Nelinho e Palhinha, ambos no canto direito da foto, atrás de Gilvan Tavares, presidente do Cruziero, que está de terno. Foto: VIPCOMM


Eduardo Amorim e Dirceu Lopes dão risada no canto esquerdo, enquanto Zé Carlos e o presidente Gilvan Tavares posam para a foto, observados por Nelinho e Piazza. Foto: VIPCOMM


Nesta foto estão, da esquerda para a direita: Dalmar, não identificado, Zé Carlos, Procópio, Dirceu Pantera, Piazza, Neco, Raul, Illton Chaves, Dilsinho, Marco Antonio, Evaldo e Dirceu Lopes


Em pé: Pedrinho Vicençote o loiro (atrás de Sidney), Mauro, Zé Carlos, Lima, Carpinelli e Serginho (goleiro). Agachados: Sidney, Muricy Ramalho, Serginho Chulapa e Dema (o último). Foto enviada por Sérgio Castellani


Um belo time do Cruzeiro. Em pé: Vanderlei, Zé Carlos, Piazza, Pedro Paulo, Brito e Raul. Agachados: o massagista Nocaute Jack, Natal, Evaldo, Tostão, Dirceu Lopes e Hilton Oliveira. Foto enviada por Walter Roberto Peres, publicada na "Revista Manchete"


Formação cruzeirense no Mineirão antes de jogo contra o Atlético com Neco, Pedro Paulo, Piazza, Perfumo, Fontana e Raul em pé e Roberto Batata, Zé Carlos, Tostão, Dirceu Lopes e Lima agachados


Em pé, da esquerda para a direita: Lauro, Moraes, Toninho Almeida, Raul, Darci e Ananias. Agachados: Guido, Eduardo, Zé Carlos, Palhinha, Roberto Batata e Joãozinho


Em pé, da esquerda para a direita, vemos: Pedro Paulo, Lauro, Darci, Piazza, Misael, Raul, Perfumo, Vanderlei, Hélio e Escorio. Agachados: Guido, Eduardo, Zé Carlos, Roberto Batata, Dirceu Lopes, Lima, Joãozinho e Aldair Pinto. Essa foto do Cruzeiro de 1973 consta no livro "De Palestra a Cruzeiro", de Plínio Barreto e Luiz Otávio Trópia Barreto


Craques do Cruzeiro em evidência


Veja que belo time tinha o Cruzeiro em 1973. Em pé, da esquerda para a direita, vemos: Nelinho, Piazza, Darci Menezes, Raul, Perfumo e Wanderlei. Agachados: Eduardo, Zé Carlos, Palhinha, Dirceu Lopes e Joãozinho. A foto foi enviada por Walter Roberto Peres


Cruzeiro de 1968 com Zé Carlos, Pedro Paulo, Ditão, Darci Meneses, Murilo e Raul em pé e Natal, Tostão, Evaldo, Dirceu Lopes e Hilton Oliveira agachados. Foto enviada ao site pelo internauta Walter Peres


Em pé: Vanderlei, Lauro, Piazza, Fontana, Brito e Raul. Agachados: Nocaute Jack, Natal, Zé Carlos, Tostão, Dirceu Lopes e Rodrigues.


Neste Cruzeiro campeão da Libertadores de 76, estão em pé: Nelinho, Piazza, Darci Menezes, Raul, Roberto Perfumo e Vanderlei. Agachados: um massagista, Eduardo, Zé Carlos, Palhinha, Dirceu Lopes e Joãozinho


Em pé estão Neco, Raul Fernandes, Moraes, Piazza, Fontana e Raul; agachados vemos Natal, Zé Carlos, Tostão, Dirceu Lopes e Rodrigues


Em pé: Pedro Paulo, Neiriberto, Vanderley, Vitor, Piazza e Fontana. Agachados: Palhinha, Tostão, Zé Carlos, João Ribeiro e Lima


Formação do Cruzeiro em 1976. O time chegou à decisão do Mundial Interclubes mas perdeu para o Bayern de Munique. Em pé estão Moraes, Nelinho, Ozires, Piazza e Vanderlei; agachados vemos Roberto Batata, Zé Carlos, Palhinha, Jairzinho, Joãozinho e Raul


 


 


 


Zé Carlos não era o chamado volante "brucutu". Sabia desarmar, mas conduzia bem a bola e passava com precisão. Um volante, como não se vê tão facilmente hoje em dia.


 


Pelo Cruzeiro na década de 1970, antes de jogo no Morumbi. Foto: Divulgação


Entre os candidatos à Bola de Prata da Revista Placar em 1972. Foto: Reprodução


Excursão do Cruzeiro ao exterior em 1972. Guido (massagista), Hélio, Toninho Almeida, Piazza, Vítor e Vanderlei. Sentados: Roberto Batata, Pedro Paulo e Zé Carlos.


Cruzeiro em 1975, da esquerda para a direita, Roberto Batata, Nelinho, Zé Carlos e Normandes


Rivais em campo mas amigos fora... Jogadores da Ponte e do Guarani reunidos em 1978. Da esquerda para a direita: Renato, Vanderlei Paiva, Zenon, Marco Aurélio, Zé Carlos e Dicá. Foto: arquivo pessoal de Luiz Ceará


Zé Carlos em foto no Mineirão. Essa foto ele deu para o amigo Vanderlei do Racine, de Muzambinho.


Em 1978 e em abril de 2016


A cidade de Franca, em São Paulo, recebeu o time do Cruzeiro, que na oportunidade jogou contra o EC Amazonas. Da esquerda para a direita, vemos: Silva, Aires, Tostão, Toninho e José Carlos. Foto enviada por Carlos Arantes


Zé Carlos e Oliveira Andrade, em 1978. Foto: arquivo pessoal de Oliveira Andrade


Em abril de 2016. Zé Carlos, ex-volante do Cruzeiro e Guarani. Foto enviada por Nivaldo de Cillo


Entrevista para o amigo jornalista, em abril de 2016. Zé Carlos e Nivaldo de Cillo. Foto enviada por Nivaldo de Cillo


Zé Carlos e Nivaldo de Cillo, em abril de2016. Foto enviada por Nivaldo de Cillo


Zé Carlos, no dia 29 de julho de 2015, em Belo Horizonte-MG. Ele fez fama ao lado de jogadores como Tostão, Eduardo, Palhinho, Piazza, Dirceu Lopes, Roberto Batata, Nelinho, Raul, entre outros. Foto enviada por Elias Torrent


No dia 29 de julho de 2015, em Belo Horizonte-MG. Zé Carlos (centro). Foto enviada por Elias Torrent

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa