Ex-jogador brilhou nos anos 60 e 70. Foto: Divulgação

Ex-jogador brilhou nos anos 60 e 70. Foto: Divulgação

Há exatos dois anos, na manhã de 12 de junho de 2018, o mundo do futebol perdia um de seus mais clássicos meio-campistas, o ex-volante Zé Carlos, aos 73 anos. Ele estava com sua saúde debilitada após sofrer há alguns anos um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

CLIQUE AQUI E VEJA A PÁGINA DE ZÉ CARLOS NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?".

Médio-volante extremamente técnico, segundo jogador com mais atuações pela equipe do Cruzeiro, Zé Carlos, mineiro de Juiz de Fora, conquistou diversos títulos pela equipe mineira, entre eles a Taça Libertadores da América de 1976, derrotando o River Plate na final, e nove campeonatos estaduais (1966, 1967, 1968, 1969 1972, 1973, 1974, 1975 e 1977).

Em 1978, no belíssimo time do Guarani de Campinas, comandado pelo também saudoso Carlos Alberto Silva, Zé Carlos ajudou a equipe do interior paulista ao histórico título brasileiro, derrotando o Palmeiras. Aliás, único Campeonato Brasileiro de uma equipe do interior do Brasil.

Também atuou pela seleção brasileira, em oito jogos, entre 1968 e 1975, sempre partidas amistosas.

Nos anos 60, pelo Cruzeiro. Em pé, da esquerda para a direita: Zé Carlos, Neco, Darci, Pedro Paulo, Procópio e Raul. Agachados: Natal, Evaldo, Tostão, Dirceu Lopes e Rodrigues. Legenda e foto reproduzidas do blog Tardes de Pacaembu

 

O ótimo Guarani de 1978, que conquistou o Campeonato Brasileiro. Em pé, da esquerda para a direita: Zé Carlos, Edson, Mauro, Miranda, Gomes e Neneca. Agachados: Capitão, Renato, Careca, Zenon e Bozó. Foto enviada por Luiz Carlos Ferreira

 

Em 1978 e em 2016

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Ath
    6
  • 2 Atl
    6
  • 3 Grê
    4
  • 4 Atl
    3
  • 5 Spo
    3
  • Veja tabela completa