Equipe da Vila saiu em desvantagem na capital goiâna. Foto: Santos F.C/Divulgação

Equipe da Vila saiu em desvantagem na capital goiâna. Foto: Santos F.C/Divulgação

O Santos venceu o Goiás por 3 a 2 na noite deste domingo (4) em jogo realizado no Serrinha, válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O primeiro zero do placar saiu logo aos 4 minutos, mas precisou de auxílio do VAR para ser confirmado. Vinicius finalizou cruzamento de Keko. Depois do suspensa, lance validado pela arbitragem

O Santos também se valeu do VAR para conseguir seu empate, em pênaltis ofrido por Lucas Braga, que foi atingido por David Duarte quando tentava arrematar, isso aos 16 minutos do primeiro tempo.

Marinho, dois minutos depois, bateu e deixou tudo igual em Goiânia.

O VAR ainda foi a estrela em mais dois lances. Um pênalti reclamado por Marinho, que pediu toque no braço de Sandro e outro, que provocou a expulsão de Arthur Gomes, que acertou as costas de um adversário.

Na etapa final, mesmo com um homem a menos, o Santos virou o placar com gol contra de Jefferson, que tentou desviar a bola após cruzamento de Pará, aos 9 minutos.

Numericamente as equipes ficaram com dez jogadores aos 13 minutos, quando David Duarte fez falta em Marinho, passível de amarelo, mas como ele já havia recebido um, acabou expulso.

Aos 39 o Goiás diminuiu com Victor Andrade, aproveitando toque de Mike, que recebeu bola desviada de cabeça por Rafael Moura.

E aos 45, empate do Goiàs, novamente com Vicor Andrade, um chute forte para vencer o goleiro João Paulo, mas o VAR denunciou impedimento na origem do lance, com Rafael Moura.

Goiás e Santos voltam a jogar pelo Brasileiro na próxima quarta-feira (7). O Esmeraldino recebe o Fluminense no Serrinha às 20h30. O Peixe joga um pouco antes, o clássico com o Corinthians, às 19h, na Neo Química Arena.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa