Timão tinha média de menos de um gol por jogo antes da estreia das contratações. Foto: Rodrigo Coca/Ag Corinthians

Timão tinha média de menos de um gol por jogo antes da estreia das contratações. Foto: Rodrigo Coca/Ag Corinthians

Durante boa parte do primeiro turno do Corinthians no Campeonato Brasileiro, a grande crítica que se fez ao trabalho do técnico Sylvinho estava na parte ofensiva. A expectativa com as chegadas Giuliano, Renato Augusto, Willian e Roger Guedes era de que o ataque alvinegro melhorasse e isso se confirmou.

Antes das contratações, nas primeiras 14 rodadas do Brasileirão, o Timão havia marcado apenas 13 gols, com uma média de 0,9 gols por jogos.

Desde a estreia de Giuliano, primeiro reforço a estrear, o Corinthians disputou oito partidas. Nesse período, a equipe marcou dez vezes, com média de 1,25 gols por jogo.

O próprio Giuliano marcou uma vez e deu duas assistências. Roger Guedes marcou três vezes e deu um passe para gol. Já Renato Augusto marcou uma vez. Das badaladas contratações, a única que ainda não participou de gols foi Willian.

Coincidência ou não, desde que passou a contar com as contrações, o Timão não perdeu mais no campeonato. Em oito jogos, o time de Sylvinho tem quatro empate e quatro vitórias.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa