Jogador recebeu denúncia de estupro. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Jogador recebeu denúncia de estupro. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A Polícia Civil do Rio de Janeiro irá investigar Neymar por vazamento de fotos íntimas da mulher que o acusa de estupro em Paris no dia 15 de maio. O caso será apurado pela Delegacia de Repressão de Crimes de Informática. Hoje a 110ª DP, de Teresópolis, enviou policiais à Granja Comary para colher informações sobre o caso. A informação foi confirmada ao UOL Esporte pela assessoria de comunicação da polícia.

O caso também será investigado em São Paulo. A assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública de SP informou que a situação das fotos será apurada junto com o inquérito que investiga o estupro. Como ele corre em sigilo, não vão se manifestar sobre esta parte da investigação no momento.

Os policiais foram recebidos pelo chefe de segurança e pelo administrador da Granja e ouviram que o atleta se reapresentaria mais tarde. Pouco depois, o atacante desembarcou na concentração em seu helicóptero ao lado de Thiago Silva, Daniel Alves e Arthur.

Procurada pela reportagem, a defesa do jogador afirmou que não irá comentar o caso.

Na noite de sábado para domingo, Neymar foi às redes sociais para se defender e falou que foi vítima de uma armadilha, repetindo a versão dada por seu pai ontem à noite.

No vídeo exibido por Neymar, além de mensagens trocadas pelo aplicativo Whatsapp, foram expostas diversas fotos íntimas da mulher que o acusa de estupro.

A seleção brasileira volta aos treinos hoje à tarde depois da folga dada a todo o elenco após o treino de ontem. Os atletas puderam deixar a concentração para acompanhar à final da Liga dos Campeões.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    22
  • 2 San
    20
  • 3 Fla
    17
  • 4 Int
    16
  • 5 Atl
    16
  • Veja tabela completa