É a quarta detenção do ex-atleta pelo mesmo motivo. Foto: Guarda Municipal de Cordeirópolis

É a quarta detenção do ex-atleta pelo mesmo motivo. Foto: Guarda Municipal de Cordeirópolis

Piá, ex-meia da Ponte Preta e do Corinthians, novamente volta a figurar nas páginas policiais. Neste sábado (23) ele foi preso por furto de envelopes com dinheiro a um caixa eletrônico na cidade paulista de Cordeirópolis. É sua quarta prisão pelo mesmo motivo.

A informação foi divulgada incialmente pela Rede Globo e confirmada pelo UOL. Ele será transferido para a cidade de Limeira.

HISTÓRICO DE PRISÕES DE PIÁ

Reginaldo Rivelino Lindoso, o Piá, hoje com 46 anos, foi detido pela primeira vez em 2009, indiciado como coautor do assassinato de um mecânico em uma lanchonete de Limeira, mas foi absolvido após julgamento.

Em janeiro de 2014, nova prisão, desta vez por tentativa de furto qualificado a um caixa eletrônico em Campinas (SP) Ele ficou 21 dias detido no Centro de Detenção Provisória de Hortolândia.

Retornou às páginas policiais em 25 de abril de 2015, quando foi detido na cidade de Americana, novamente por tentativa de "pescar" dinheiro em caixas eletrônicos. Voltou a ser preso em agosto do mesmo ano, agora em Bauru, após furtar cerca de R$ 10 mil em cheques de uma agência bancária na Vila Falcão.

Em 23 de maio de 2020, mais uma tentativa de furto a um caixa eletrônico, desta vez em Cordeirópolis, interior de São Paulo. E ele novamente foi preso.

CLIQUE AQUI E VEJA A PÁGINA DE PIÁ NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?"

 Imagens divulgadas pela Guarda Municipal de Cordeirópolis

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa