Jovem de 22 anos era uma das promessas da categoria. Foto: F2/Divulgação

Jovem de 22 anos era uma das promessas da categoria. Foto: F2/Divulgação

O piloto francês Anthoine Hubert, de 22 anos, morreu nesta sábado (31) em decorrência de um grave acidente durante a primeira bateria da Fórmula 2 em Spa-Francorchamps, na Bélgica, mesmo local da etapa da Fórmula 1 que acontece amanhã.

A dinâmica do acidente fatal com Hubert aconteceu na segunda volta, quando Giuliano Alesi perdeu o controle de seu carro e na sequência Hubert acertou a proteção de pneus. O problema maior, contudo, surgiu na sequência, quando Juan Manuel Correa não conseguiu desviar do carro de Hubert, acertando-o em cheio. Estima-se que a velocidade do impacto do carro de Correa com o de Hubert tenha sido em tono de 275 quilômetros por hora, na pior situação possível, a chamada batida em "T", na lateral do cockpit.

Seu óbito foi declarado às 18h35 (horário local) no hospital de Liège  Juan Manuel Correa, também se feriu e foi encaminhado a um ao mesmo hospital, em condição estável.

Anthoine Hubert, francês de Lyon (22 de setembro de 1996), se destacou desde o kar, passando em seguida por Eurocup, F-Renault 2.0, F3 e GP# Series, sendo campeão por esta última em 2018.

Ele estava em seu ano de estreia na F2 e fazia parte da equipe BWT Arden, e também da academia de jovens talentos da Renault. Hubert ocupava a oitava colocação no campeonato, tendo somado 85 pontos com duas vitórias na temporada, em Mônaco e Paul Ricard (ambas nas segundas baterias).

 


  

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR TODAS AS COLUNAS DE MARCOS JÚNIOR MICHELETTI

 

 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    39
  • 2 San
    37
  • 3 Pal
    36
  • 4 Cor
    32
  • 5 São
    31
  • Veja tabela completa