O ex-atleta lutava contra sequelas de um AVC

O ex-atleta lutava contra sequelas de um AVC

Luiz Carlos Gaúcho, ex-meia do Grêmio que rodou por muitos outros clubes brasileiros, morreu nesta quarta-feira (21), aos 65 anos, após longa luta contra sequelas deixadas por um AVC (Acidente Vascular Cerebral). 

Ele residia no Jardim Santa Rita, em Diadema-SP, onde trabalhava como vendedor e comandava o Amizade, equipe amadora de São Bernardo do Campo. O ex-atleta deixou três filhos (um deles, Bruno, seguiu os passos do pai e defendeu o Sporting Braga, de Portugal).

Nascido em 15 de agosto de 1955 em Lages, Santa Catarina, Luiz Carlos começou a jogar em 1971 nas categorias de base do Grêmio, pelo qual conquistou títulos amadores e o gauchão de 1977, quebrando uma sequência de oito conquistas regionais consecutivas do Internacional.

Passou depois por América Mineiro (foi campeão da Taça Independência em 1980), Bangu, Comercial de Ribeirão Preto, Juventude, São Bernardo, Ituano, Mixto, CRB (foi campeão alagoano em 1986), Cascavel, Treze, Palestra de São Bernardo, Ferroviário do Ceará, Iraty, Tabajara (RS) e Linense (AL).

Defendeu também a Seleção Brasileira de Novos, bicampeã do Torneio de Cannes em 1973 e 1974.

CLIQUE AQUI E CONHEÇA A TRAJETÓRIA DE LUIZ CARLOS GAÚCHO NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?"

 

Você também vai gostar

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa