Zagueiro Marquinhos foi um dos atletas que teve a casa assaltada. Foto: Facebook/PSG

Zagueiro Marquinhos foi um dos atletas que teve a casa assaltada. Foto: Facebook/PSG

O elenco do Paris Saint-Germain passou por um grande susto no último domingo (14). Enquanto a equipe parisiense perdia para o Nantes por 2 a 1 no Campeonato Francês, as casas dos jogadores Marquinhos e Di Maria foram invadidas por bandidos que fizeram os familiares dos atletas reféns.

Segundo informações divulgadas por diversos veículos da imprensa francesa como os jornais “L´Equipe” e “Le Parisien” e a emissora “RMC Sports”, a esposa de Di María, Jorgelina, e as duas filhas estavam em casa quando ela foi invadida por bandidos que levaram o conteúdo de um cofre. O jogador foi informado durante a partida do PSG e foi substituído no intervalo.

Em contato com o site Ge.globo, os familiares de Marquinhos confirmaram que também estavam em casa quando bandidos invadiram a casa do zagueiro. Apesar da ação também violenta dos assaltantes, todos estão bem e recuperando-se do susto. A casa dos dois jogadores ficam na mesma região em Paris. A polícia francesa agora investiga os casos.

Após a partida, o técnico do PSG relacionou o desempenho ruim da equipe ao episódio envolvendo os dois jogadores. Segundo Mauricio Pochettino, o trauma afetou o foco do time.

“Situações fora do futebol devem ser levadas em conta. Os jogadores são, como nós, desapontados pela derrota. Mas há situações que deixam o grupo unido na derrota e também em coisas que vão além do esporte. Não é desculpa, mas houve uma queda de energia no time. É normal. Conversamos depois do jogo, mas não de futebol. De outras coisas”, declarou Pochettino.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa