Sede da fabrica italiana, em Maranello, está fechada. Foto: Scuderia Ferrari

Sede da fabrica italiana, em Maranello, está fechada. Foto: Scuderia Ferrari

A Itália, que detém o triste recorde de mortes pelo novo coronavírus, receberá uma contribuição de 10 milhões de euros da família Agnelli, dona do Grupo que administra a Ferrari (composto ainda por Fiat e Chrysler).

Com uma fortuna estimada em R$ 50 bilhões, o comunicado feito pelo Grupo Ferrari atesta que o dinheiro será destinado diretamente ao Ministério de Saúde Italiano.

A região norte é a mais afetada do território italiano por conta da Covid-19. A sede da Ferrari, que fica nesta área, em Maranello, está fechada por tempo indeterminado.

A Fórmula 1, através da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), já cancelou dois GPs da temporada: Austrália e Mônaco. Outras seis foram adiadas: Bahrein, Vietnã, China, Holanda, Espanha e Azerbaijão.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa